Futebol

FIFA pune Brasil e Argentina por jogo que não ocorreu nas Eliminatórias

Jogo foi interrompido após autoridades sanitárias invadirem gramado da Neo Química Arena no ano passado

FIFA pune Brasil e Argentina por jogo que não ocorreu nas Eliminatórias

14 de fevereiro de 2022

2 minutos de Leitura

O Comitê Disciplinar da FIFA puniu Brasil e Argentina pelo jogo que não foi realizado por completo nas Eliminatórias da Copa 2022. No dia 5 de setembro de 2021, na Neo Química Arena, em São Paulo, o duelo foi interrompido logo no começo pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já que quatro jogadores argentinos não passaram pelas normas sanitárias na chegada ao país.

A entidade ordenou que a partida seja repetida em data e local a serem decididos pela entidade. A Confederação Brasileira de Futebol e a Associação de Futebol Argentino (AFA) foram multadas. A CBF terá que pagar 500 mil francos suíços (cerca de R$ 2,82 milhões), enquanto a AFA, foi multada em 200 mil francos suíços (R$ 1.127 milhão) por “descumprimento de suas obrigações em matéria de ordem e segurança, preparação e participação na partida”.

Os argentinos Martínez, Romero, Lo Celso e Buendía foram suspensos por dois jogos por “não cumprirem o Protocolo de Retorno ao Jogo Internacional da FIFA”. Na ocasião, a CBF afirmou que alertou os argentinos em dois e-mails sobre as regras sanitárias no país e que não poderia impedir a entrada no campo de autoridades locais.

A AFA já anunciou que pretende recorrer, enquanto a CBF ainda não se pronunciou.

“Como presidente da AFA, prometo fazer todos os esforços necessários e recorrer da decisão da Fifa em relação ao jogo classificatório com o Brasil. Nossa prioridade é a seleção argentina sempre”, divulgou Chiqui Tapia, presidente da Associação de Futebol Argentino.

Compartilhe