Atletas

Nike encerra acordo de patrocínio com Greenwood

Gigante americana confirma que atacante do Manchester United não faz parte mais do seu portfólio

Nike encerra acordo de patrocínio com Greenwood

07 de fevereiro de 2022

1 minutos de Leitura

Mason Greenwood, do Manchester United, perdeu o patrocínio da Nike. A empresa, que já havia se posicionado e suspendido todas as campanhas com o jogador, afirmou ao The Athletic que encerrou o seu contrato.

Greenwood foi acusado pela namorada de agressão e violência sexual. A modelo Harriet Robson publicou nas suas redes sociais um vídeo no qual aparece com marcas roxas pelo corpo e com a boca ensanguentada. Além disso, ela ainda divulgou um áudio no qual o inglês tenta forçá-la a ter relações sexuais com ele. O atacante ficou preso por três dias e foi liberado após pagamento de fiança.

Tão logo o escândalo virou público, a Nike se posicionou, afirmando que estava preocupada com as “alegações perturbadoras” e que continuaria a monitorar o caso. A rescisão chega uma semana depois.

O jogador também foi retirado do game FIFA e está suspenso pelo Manchester United, proibido de treinar e jogar. Além disso, todos os produtos do jogador foram retirados da loja oficial, física e online do clube. Os torcedores exigem reembolso de camisas compradas com o nome do atleta.

Compartilhe