Tecnologia

Nike solicita registro de roupas, bolas e avatares no metaverso

O pedido ocorre por meio da RTFKT, startup virtual de tênis que a empresa adquiriu em dezembro

Nike solicita registro de roupas, bolas e avatares no metaverso

24 de fevereiro de 2022

2 minutos de Leitura

A Nike segue em defesa de sua marca e, desta vez, entrou com registro no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos para mais produtos e serviços pensando no seu metaverso. Segundo o portal The Fashion Law, o pedido ocorre por meio da RTFKT, startup virtual de tênis que a empresa adquiriu em dezembro.

Os pedidos envolvem cartões comerciais, roupas, bolas de basquete e futebol, roupas para avatares, fornecimento de software e aplicativos e aluguel de conteúdo digital.

Em outubro, a Nike já havia entrado com pedido de proteção de suas assinaturas, símbolos, logotipos e slogans em produtos como chapéus, óculos, bolsas, mochilas e equipamentos esportivos no ambiente virtual. A gigante americana criou um departamento de metaverso, sob o comando de Eric Redmon, e lançou a Nikeland, um espaço da marca na plataforma Roblox que o MKTEsportivo já deu destaque.

A empresa também lançou a Nike Virtual Studios, braço voltado ao universo virtual, e estabeleceu centros criativos virtuais em Los Angeles e Nova York.

Em fevereiro, o MKTEsportivo detalhou a ação movida pela Nike contra a plataforma de revenda online de tênis StockX por oferecer NFTs dos designs de tênis do grupo sem autorização da empresa. Ela pediu à Justiça a aplicação de multa pecuniária à StockX, acusando-a de violação de marca.

Compartilhe