Indústria

Poker projeta crescimento de receita e quer internacionalização em 2022

Para este ano, a empresa buscará ganhar novos mercados, ampliando seu alcance para Chile, Uruguai e Paraguai

Poker projeta crescimento de receita e quer internacionalização em 2022

09 de fevereiro de 2022

1 minutos de Leitura

A Poker prevê um crescimento expressivo neste ano. Em 2021, ela registrou um aumento de 44% no faturamento em comparação com 2020. Para 2022, o objetivo é um incremento de 25%.

Para este ano, a empresa buscará ganhar novos mercados, ampliando seu alcance para Chile, Uruguai e Paraguai. Como novidade, a Poker está lançando uma linha de camisetas polo e camisas de algodão.

“Seremos agressivos no mercado. Sabíamos que o futebol não iria morrer. Muitos clientes foram para bike, natação e corrida de rua, mas não deixaram de praticar o futebol. Hoje, queremos atender a todos esses públicos”, disse Marcelo Altenhofen, gestor de marketing da Poker.

Como destaque de vendas, materiais de natação tiveram forte crescimento nas vendas neste período de pandemia. Na modalidade, ela conta com nomes como Gustavo Borges e Fernando Scheffer como embaixadores. Já nas luvas, produto que cresce a cada ano no seu portfólio, o destaque é o goleiro Weverton, do Palmeiras.

Compartilhe