Indústria

Tottenham acerta com iniciativa da ONU por carbono zero até 2040

Pelo terceiro ano consecutivo, clube se manteve no topo de uma tabela de sustentabilidade promovida pela Premier League

Tottenham acerta com iniciativa da ONU por carbono zero até 2040

03 de fevereiro de 2022

2 minutos de Leitura

O Tottenham uniu forças com a “Race to Zero”, da Organização das Nações Unidas (ONU), e se comprometeu a zerar as emissões líquidas de carbono até 2040. O clube se tornou signatário do Quadro de Ação Climática da entidade para esportes e pretende derrubar ao menos pela metade as emissões até 2030.

Como se sabe, o Tottenham possui uma série de medidas de sustentabilidade em vigor, como o uso de energia 100% renovável e a utilização de iluminação 100% de led no Tottenham Hotspur Stadium. Além disso, incentiva seus fãs a não utilizarem plásticos descartáveis, assim como busca reduzir o consumo de água sempre que possível. Todos os seus uniformes, que são produzidos pela Nike, são feitos de 100% de poliéster reciclado de garrafas plásticas, e a equipe viaja para partidas fora de casa em ônibus movidos a biocombustível, reduzindo, assim, em mais de 80% as emissões de gases poluentes.

Diante de tantos esforços, pelo terceiro ano seguido, os Spurs se mantiveram no topo de uma tabela de sustentabilidade promovida pela Premier League. Produzido pela Sport Positive e apoiado pela ONU e pela rede BBC, o ranking leva em consideração os esforços de sustentabilidade dos clubes em 11 categorias, entre elas o impacto das partidas no meio ambiente e as iniciativas individuais de sustentabilidade.

“Ter mais uma vez ficado no topo da tabela da Sport Positive é um reconhecimento fantástico pelo trabalho que continua a ser entregue em nossa organização, e agora devemos nos desafiar a ir mais longe. Juntar-nos à Race to Zero, da ONU, é um próximo passo significativo na nossa jornada e nos fornece um caminho claro e metas de redução de emissões que estamos preparados para cumprir. Estamos ansiosos para trabalhar coletivamente com nossa equipe, jogadores, torcedores, parceiros e fornecedores para alcançar nossos objetivos”, disse Donna-Maria Cullen, diretora executiva do Tottenham.

No início da atual temporada, o Tottenham sediou a primeira partida de futebol de elite com zero carbono do mundo. Os torcedores só foram autorizados a caminhar ou usar meios de transporte sustentáveis ​​para assistir ao duelo contra o Chelsea, e o Tottenham ainda elevou o número de refeições vegetarianas e veganas disponíveis no estádio em 94%.

Compartilhe