Patrocínio

CSN confirma patrocínio ao rugby brasileiro

Parceria entre a Confederação Brasileira de Rugby e a empresa garante recursos para fomentar modalidade entre os jovens

CSN confirma patrocínio ao rugby brasileiro

11 de março de 2022

3 minutos de Leitura

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) é mais uma parceira que entra em campo este ano para reforçar a primeira linha do rugby brasileiro e difundir a cultura da modalidade. Dentre os maiores grupos siderúrgicos do mundo, ela firmou contrato de patrocínio com a Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) pelo período de um ano.

Os recursos serão aplicados para a formação de juvenis e o aumento da competitividade das seleções brasileiras masculina (Tupis) e feminina (Yaras), além da atuação da franquia masculina Cobras Brasil XV, gerenciada pela CBRu desde 2020.

A CSN justifica seu investimento por reconhecer a CBRu como uma entidade esportiva seriamente comprometida com a geração de impacto positivo na sociedade. Ao longo deste ano, atletas da franquia Cobras Brasil XV e das seleções brasileiras masculina (Tupis) e feminina (Yaras) realizarão ações de legado em parceria com a Fundação CSN visando inspirar jovens a conhecer na prática os valores do rugby e a dar os primeiros passos no esporte.

“Depois da saída recente de um grande parceiro, trabalhamos rápida e intensamente para trazer um aliado de peso como a CSN que investe no esporte como ferramenta de inclusão social. Nossa comunidade rugbier é privilegiada em contar com este apoio significativo que terá como foco incentivar o esporte entre meninos e meninas e aprimorar o trabalho desenvolvido pela Confederação”, disse Mariana Miné, CEO da CBRu.

“É uma honra ter a nossa marca associada a um projeto tão importante como este da Confederação Brasileira de Rugby. O esporte propicia desenvolvimento, disciplina, trabalho em equipe, elementos que para nós são muito importantes e estão totalmente alinhados aos nossos valores e à nossa agenda ESG. Nossa intenção é, por meio da Fundação CSN, executar em parceria com a CBRu ações que beneficiem as regiões onde atuamos”, acrescentou Fabio Silvestre, gerente de projetos da Fundação CSN.

Os fãs do rugby verão as primeiras aparições da parceria CSN-CBRu através da franquia Cobras Brasil XV, que já conta com o apoio de Irko Hirashima, Universal Assistance e Testfy. O time brasileiro inicia neste domingo (13), às 12h00, na cidade de Valparaíso (Chile), sua jornada na terceira edição da Superliga Americana de Rugby (SLAR).

O clube comandado pelo head coach Fernando Portugal terá a marca da CSN não simplesmente estampada nos shorts, mas compromissada com os jovens atletas que sonham com uma carreira profissional no esporte.

A parceria CSN-CBRu prevê um “Rugby Day” para os adolescentes do projeto Garoto Cidadão, em Volta Redonda, desenvolvido pela Fundação CSN desde 2001. A cidade fluminense é conhecida por abrigar o principal parque industrial da companhia siderúrgica.

Também estão programadas atividades como treinos abertos ao público e palestras a jovens em comunidades parceiras da Fundação CSN, a exemplo de Heliópolis (projeto Garoto Cidadão) e Paraisópolis (projeto Rugby Para Todos), na cidade de São Paulo.

Outra entrega confirmada é a promoção de um jogo dos Tupis em Volta Redonda, em novembro, valendo pontos para o ranking da World Rugby (WR). Jogadores e profissionais do rugby brasileiro farão treinamentos presenciais e virtuais de professores da rede de ensino local, monitorados pela CBRu e certificados pela WR, deixando um legado para a cidade. Além disso, jovens da região serão convidados pela CSN para a partida e terão acesso a atividades lúdicas.

Foto: Fotojump/CBRu

Compartilhe