Atletas

Naomi Osaka será embaixadora e terá participação acionária na FTX

A exchange de criptomoedas espera que a tenista traga mais mulheres para a plataforma

Naomi Osaka será embaixadora e terá participação acionária na FTX

22 de março de 2022

2 minutos de Leitura

A tenista Naomi Osaka assumiu uma participação acionária na FTX e receberá uma compensação em criptomoedas.

Pelo acordo, que envolve também a participação da tenista como embaixadora da empresa, Osaka se concentrará em trazer mulheres para sua plataforma de criptomoedas e desempenhará um papel ativo para o futuro da Web3. A empresa ainda terá exposição no uniforme de jogo da tenista.

A FTX tem levantado capital rapidamente desde o ano passado. O Vision Fund 2 do SoftBank investiu US$ 400 milhões na empresa em janeiro, um importante financiamento que elevou a avaliação da FTX para US$ 32 bilhões.

“Vimos as estatísticas sobre como poucas mulheres fazem parte da criptomoeda, o que reflete a desigualdade que vemos em outros mercados financeiros. As criptomoedas começaram com o objetivo de serem acessíveis a todos e quebrar as barreiras de entrada. Estou animado em fazer parceria com a FTX para focar nesta missão e inovar em novas maneiras de alcançar mais pessoas, e democratizar ainda mais o espaço”, disse Osaka.

“Assim como a FTX está na vanguarda dos mercados de criptomoedas, queremos estar na vanguarda da mudança social. Nossa parceria com Naomi Osaka promoverá nosso objetivo de envolver vozes mais diversas em o futuro da moeda digital e da Web3. Estou animado para trabalhar com Naomi enquanto procuramos educar esses grupos e criar um impacto positivo no mundo”, acrescentou Sam Bankman-Fried, CEO da FTX.

A empresa fará uma doação para a Play Academy, a organização de caridade de Osaka criada em parceria com a Nike, e a Laureus Sport for Good, com o objetivo de mudar a vida das meninas através do jogo e do esporte.

No esporte, a FTX se destaca também por ser patrocinadora da escuderia Mercedes.

Compartilhe