Indústria

UEFA pode acabar com Fair Play Financeiro para estabelecer novas regras

Entidade quer novas medidas que limitem gastos com salários, transferências e taxas pagas a agentes a 70% da receita obtida

UEFA pode acabar com Fair Play Financeiro para estabelecer novas regras

28 de março de 2022

1 minutos de Leitura

Após uma década, a UEFA pode acabar com o Fair Play Financeiro. O objetivo é estabelecer novas regras que limitem os gastos com salários, transferências e taxas pagas a agentes a 70% da receita obtida. Caso avance, a medida seria ativada a partir de 2023, quando os clubes poderão gastar 90% de suas receitas com esses gastos, passando para 80% em 2024 e, por fim, 70% em 2025.

Com o novo sistema ativado, as equipes que não se adequarem ao modelo, seriam rebaixadas nas competições da UEFA, saindo da Champions League para a Europa League e, por fim, para a Conference League.

Em uma reunião marcada para o próximo dia 31, a Associação Europeia de Clubes (ECA) vai avaliar as propostas da UEFA. O resultado será conhecido em abril.

Compartilhe