Indústria

Conselho do Cruzeiro aprova condições impostas por Ronaldo para adquirir SAF

Com liberação, mudanças no contrato de venda da SAF foram aprovadas

Conselho do Cruzeiro aprova condições impostas por Ronaldo para adquirir SAF

05 de abril de 2022

2 minutos de Leitura

Uma votação realizada na noite de ontem (4) encaminhou a venda da SAF do Cruzeiro para o Ronaldo. Com a aprovação dos conselheiros, foi dada a sequência ao processo de transformação do modelo de gestão do clube.

Após os conselheiros aceitarem as mudanças no contrato solicitadas por Fenômeno, como incluir as Tocas da Raposa I e II e também iniciar uma recuperação judicial, o ex-jogador ficará com 90% das ações da Sociedade Anônima. A data limite para efetivar a negociação é 18 de abril.

“De agora em diante, peço a todos: só existe um Cruzeiro, não existe a SAFe a associação. Só existe um Cruzeiro. E vamos para cima. Nosso objetivo é voltar à elite do futebol brasileiro e seremos gigantes novamente. Vocês têm o meu compromisso”, disse Ronaldo.

Até a data, Ronaldo lidará com o transfer ban imposto pela FIFA, que impede o registro de novos jogadores. O clube tem dívida de R$ 10 milhões pela contratação do zagueiro Kunty Caicedo, junto ao Independiente del Valle, e do empréstimo do meia Careca, junto ao Atlético-AC. O Atlético acionou a  Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) e a Justiça, que obrigou a CBF a punir a Raposa em seis meses até que o débito fosse quitado. 

“A gente tem que virar a páginas e esquecer completamente o passado, dar as mãos, seguir em diante, nosso desafio é gigante tal como o que significa o Cruzeiro. Temos muito trabalho pela frente e tenho muito entusiasmo e confiança para voltar a ser o que era antes”, completou R9.

Compartilhe