Paramount rouba a cena em licitação da CONMEBOL

Plataforma, que chegou ao Brasil em 2021, faz o seu primeiro grande investimento em esportes ao vivo para o mercado nacional

maio 13, 2022

A Libertadores será transmitida pela Rede Globo, ESPN e Paramount a partir de 2023. Enquanto a emissora carioca transmitiu até 2020 e o canal do Grupo Disney herdou os direitos da Fox até aqui, a grande novidade será mesmo a presença do serviço de streaming americano entre as vencedoras da licitação.

A Paramount chegou ao mercado brasileiro em fevereiro de 2021 e, de imediato, passou a oferecer os jogos do Brasileirão daquele ano para o mercado americano. A negociação foi feita pela agência 1190 Sports, responsável pela venda dos direitos internacionais do torneio da CBF. Outras ligas e competições também passaram a ser oferecidas pela empresa para o estrangeiro, como o PGA Tour, a NCAA e a Champions League. 

Para o Brasil, era questão de tempo que ela fizesse um investimento em busca de destaque e, principalmente, assinantes. O primeiro deles foi para uma série exclusiva sobre Adriano Imperador. Entre torneios, a novidade foi anunciada na quinta-feira (12): os direitos da Libertadores e Sul-Americana.

Para o primeiro torneio, a Paramount poderá transmitir um jogo exclusivo até a semifinal. Na Sula, os direitos de TV por assinatura serão divididos com a Disney. Enquanto o grupo terá a prioridade de escolha dos duelos, a Paramount transmitirá aquilo que a Disney não mostrar.

Para nove países da América do Sul que disputam os torneios da CONMEBOL (sem o Brasil), além de Guiana, Guiana Francesa, Suriname, América Central e as Ilhas do Caribe, a Paramount (Viacom) ganhou os direitos da Libertadores na TV aberta.

Até aqui, o preço do Paramount+ no plano mensal é de R$19,90 e não existe fidelidade na assinatura, podendo ser cancelada a qualquer momento.