John Textor adquire 66.56% das ações do Lyon

Jean-Michel Aulas, cuja família é dona do clube desde 1987, seguirá como CEO pelas próximas três temporadas

junho 20, 2022

O Lyon anunciou a venda de 66.56% de suas ações ao investidor John Textor, que também é dono da SAF do Botafogo, além de 40% do Crystal Palace, da Premier League. A Eagle Football Holdings, empresa de Textor, também é dona de 80% do Molenbeek, clube da segunda divisão da Bélgica.

Pelo acordo, Jean-Michel Aulas, cuja família é dona do Lyon desde 1987, terá uma participação minoritária no clube, mas seguirá como CEO do Lyon pelas próximas três temporadas. Ele também vai assumir um cargo de administração na Eagle Football Holdings.

No futuro, Textor poderá ter até 88.55% de participação no time.

“O projeto que descobri em Lyon com Jean-Michel Aulas e toda a sua equipa estará no epicentro da nossa nova organização e dos nossos investimentos ao serviço do futebol mundial. O Lyon será a pedra angular do nosso projeto. Pretendo, com o apoio de Jean-Michel e seu grupo, trazer à tona os valores de desenvolvimento e aperfeiçoamento pelos quais sempre me comprometi”, disse Textor.

Agora, espera-se que o Lyon invista pesado para construir um elenco competitivo e voltar a conquistar ligas nacionais. O time não vence a Ligue 1 desde 2008. Já no feminino, são oito títulos da Champions League.

“Quero dar a todos os torcedores do Lyon os meios adicionais para que a instituição possa recuperar o mais alto nível, na França e na Europa, respeitando os valores do DNA do clube, como juventude, trabalho, auto-sacrifício e espírito de equipe que permite que todos os talentos do mundo inteiro tenham acesso ao alto nível graças ao nosso envolvimento nas academias”, acrescentou Textor.

“Com esse projeto, o Lyon está abrindo novo capítulo em sua formidável história. Há 35 anos, meu desejo sempre foi fazer do clube um modelo único no futebol, combinando sucesso esportivo e econômico. Nossas equipes profissionais de futebol e basquete, nossa academia, o estádio Groupama, bem como a construção do novo ginásio LDLC Arena já são fortes indícios das ambições do OL Groupe”, finalizou Aulas.