Indústria

Fluminense se reúne com BTG e avança em projeto de investimento

Presidente Mário Bittencourt se encontrou com representantes do banco e mostrou otimismo

Fluminense se reúne com BTG e avança em projeto de investimento

19 de julho de 2022

2 minutos de Leitura

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, se reuniu com representantes do Banco BTG Pactual, em São Paulo, para dar continuidade em uma modelagem de um projeto de investimento no Tricolor.

As conversas entre clube e o banco começaram no ano passado. O BTG é o único autorizado para buscar investidores interessados no Fluminense.

“Tivemos avanços importantes hoje. A cada reunião subimos mais um degrau nessa escalada, e podemos vislumbrar melhor o cenário que se projeta para o Fluminense com a atração de parceiros e investidores num futuro próximo. Ficou claro para nós que poderemos seguir um caminho de sucesso sem abrirmos mão de nossa essência, que é o respeito à nossa torcida e seus anseios”, disse Mário Bittencourt.

A ideia é reforçar a estrutura financeira do clube, para que esse fortalecimento se reflita dentro de campo, com mais competitividade e briga por títulos. O contrato assinado entre as partes dá direito ao BTG de assessorar o clube no desenvolvimento do futuro acordo de investimento e, também, na busca de investidores.

Abaixo, a nota publicada no site oficial do Fluminense:

“O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, e integrantes de sua diretoria foram recebidos nesta segunda-feira (18/07) pelos representantes do Banco BTG Pactual, em São Paulo, para mais uma reunião de trabalho preparatório para a modelagem de um projeto de investimento qualificado no clube, visando o reforço de sua estrutura financeira, com consequentes ganhos de competitividade.

As tratativas para essa operação se iniciaram no ano passado, mas se concretizaram em junho deste ano, quando o BTG Pactual e o Fluminense assinaram o mandato formal que deu ao banco o direito exclusivo de assessorar o clube no desenvolvimento do futuro acordo de investimento e mesmo na busca de investidores. Na prática, somente o BTG tem o mandato para falar em nome do Fluminense na interlocução com o mercado.

Nesse tempo, foram realizadas diversas reuniões de trabalho entre as equipes para troca de informações, avaliação de ativos, entendimento da situação do Fluminense e verificação de seus registros contábeis. O resultado é um relatório completo com projeções e sugestões de encaminhamento, que ainda não poderá ser divulgado por restrição contratual e confidencialidade.”

Compartilhe