Os pilares de digitalização dos clubes de LaLiga

O departamento de Estratégia Digital da entidade oferece diversos serviços centralizados aos times do futebol espanhol

julho 27, 2022

Apoiar a digitalização dos clubes espanhóis é o principal objetivo da área de Estratégia Digital da LaLiga. Esse apoio tem sido dado por mais de cinco temporadas, com três fundamentos principais. Primeiro, fornecer aos clubes uma estratégia que possa potencializar oportunidades de negócios em outros nichos e mercados, abrindo clubes para o mundo e alcançando públicos diferentes e globais.

Em segundo lugar, busca aumentar a popularidade internacional dos clubes, trabalhando de forma coordenada para alcançar mercados estratégicos para o crescimento de marcas. E, finalmente, fornecer aos clubes recursos tecnológicos suficientes para posicioná-los como empresas inovadoras.

Para isso, a entidade conta com quatro grandes projetos estratégicos ligados à digitalização: RRSS na China, eLaLiga Santander, APP e plataforma Web para clubes e serviço DataDriven.

eLaLiga Santander: a melhor competição do mundo

LaLiga desenvolve e gerencia a competição oficial da FIFA na Espanha, bem como os torneios ligados à competição. Este grande projeto que foi lançado em 2018 conta com a participação de 38 clubes da LaLiga Santander e LaLiga SmartBank, e tem como objetivo se conectar com a Geração Z, fortalecer o relacionamento da LaLiga e dos clubes com um parceiro-chave na indústria esportiva como a EA Sports e gerar leads em uma faixa de público de alto valor.

Além disso, este projeto tem como grande objetivo ser a melhor liga de videogames do mundo.

China através das mídias sociais

O grande projeto de internacionalização das redes sociais está ligado à China. A equipe de Estratégia Digital da LaLiga gerencia as contas dos clubes do país asiático, realizando a verificação e geração de conteúdo.

Na temporada 17/18, apenas 11 dos 13 clubes que marcaram presença na China através das redes sociais, postaram conteúdo regularmente. Uma temporada depois, com a entrada do projeto liderado por LaLiga, o número subiu para 26 clubes, todos gerando conteúdo regular e de qualidade. Em 19/20, o número de clubes chegou a 31, sendo 19 deles os clubes cujas contas weibo eram gerenciadas pelo LaLiga. Em 21/20, 20 dos 32 clubes que têm presença na China publicam conteúdo no Weibo coordenado por LaLiga.

Com esse projeto, que não envolve nenhum custo para os clubes, a titularidade das contas não deixa de ser do Clube, bem como a decisão dos conteúdos que nele são publicados. A LaLiga oferece aos clubes uma equipe dedicada especializada no mercado chinês, e dedicada ao agendamento, criação de conteúdo original, verificação e medição e análise de contas.

Os fãs no centro da estratégia

O Projeto DataDriven, coordenado pela equipe da Estratégia Digital para torná-lo disponível para os clubes, tem como objetivo criar um plano relacional entre o clube e seus torcedores, buscando aumentar o número de torcedores, fidelizar e tornar o relacionamento com eles rentável.

Este projeto reúne 28 clubes (incluindo um time que não está atualmente no futebol profissional) e permite que eles tenham controle direto sobre os dados, bem como identificar as necessidades dos torcedores. Além disso, possui algoritmos de IA Preditivo que permitem um controle de sobressaturação, subsaturação e otimização do momento do embarque. Este serviço permite ativar jornadas automáticas adaptadas ao ciclo de vida do usuário e são orientadas para a geração de renda (ROI).

Outro dos projetos globais para clubes da equipe de Estratégia Digital visa a criação de uma plataforma de sites e aplicativos oficiais para os clubes de LaLiga Santander e LaLiga SmartBank. Já são 28 clubes que estão aderidos ao projeto do App oficial, sem custo econômico e com funcionalidades de ponta, e 30 que fazem parte do projeto de sites oficiais, que também não têm custo econômico e possuem design e funcionalidades de ponta.

Ambas as plataformas visam aumentar o engajamento e implementar o gateway de captura de registros, buscando sinergia com o projeto DataDriven. Além disso, como novidade, a nova plataforma vai melhorar o design e funcionalidades.