Os 10 jogadores mais bem pagos do Brasil

Dudu (Palmeiras), Gabriel Barbosa e Vidal (Flamengo) se destacam nas primeiras posições do ranking

agosto 6, 2022

Apesar da pandemia ter afetado a receita dos principais clubes do futebol brasileiro, salários milionários seguem sendo pagos para alguns dos maiores jogadores que atuam no país.

A retomada financeira mostrou o poder de atração dos times, principalmente Flamengo, Palmeiras e Atlético Mineiro, que quase dominam o ranking dos atletas mais bem pagos.

Os mais bem pagos do futebol brasileiro estão constantemente em alta quando se pensa no mercado de apostas esportivas. Neste caso,  é preciso levar em consideração alguns pontos importantes, como a segurança, confiabilidade, diversidade e qualidade dos sites a se escolher.

Sobre os atletas, Vidal acabou de chegar ao futebol brasileiro e já figura entre os salários mais altos do país, assim como Gabriel Barbosa, David Luiz e Arrascaeta.

O ranking poderá mudar a qualquer momento caso o meia Oscar acerte com o clube carioca. O jogador tem o maior salário do futebol chinês: 24 milhões de euros por ano (R$ 129 milhões), receita superior a de sete clubes, que em 2022 disputam a Série A. O salário de Oscar é o 10º mais alto de todo o mundo, atrás apenas de estrelas como Mbappé, Lionel Messi, Neymar, Cristiano Ronaldo e Gareth Bale.

Do trio de clubes citados, o Flamengo estima a receita em R$ 1.033 bilhão em 2022, próxima ao que obteve no ano de 2021. Já o Atlético-MG tem o segundo orçamento do país em receita: R$ 821 milhões. Por fim, a previsão de receita líquida do Palmeiras é de R$ 625 milhões.

Os 10 jogadores mais bem pagos do Brasil

1. Dudu (Palmeiras) 400.000 dólares

2. Gabriel Babosa (Flamengo) 305.000 dólares

3. Arturo Vidal (Flamengo) 285.000 dólares

4. Arrascaeta (Flamengo) 285.000 dólares

5. Daviz Luiz (Flamengo) 285.000 dólares

6. Hulk (Atlético Mineiro) 285.000 dólares

7. Willian (Corinthians ) 285.000 dólares

8. Bruno Henrique (Flamengo) 230.000 dólares

9. Everton Ribeiro (Flamengo) 230.000 dólares

10. Ignacio Fernández (Atlético Mineiro) 210.000 dólares