Rebeca Andrade será embaixadora dos Jogos da Juventude

Evento será exibido pelo Canal Olímpico do Brasil entre 2 e 17 de setembro

agosto 1, 2022

Rebeca Andrade será embaixadora dos Jogos da Juventude 2022, que será disputado entre 2 e 17 de setembro, em Aracaju (SE). O evento será transmitido pela primeira vez na história para todo o país.

Todas as modalidades em disputa terão ao menos um evento ao vivo ou flashes exibidos de maneira exclusiva no Canal Olímpico do Brasil, plataforma de streaming do COB. O Canal Olímpico ainda montará um estúdio no Centro de Convivência dos Jogos da Juventude.

“Os Jogos da Juventude são um evento inteiramente organizado pelo COB, e nada mais natural do que realizarmos uma cobertura abrangente através do Canal Olímpico do Brasil, dando visibilidade aos melhores atletas da nova geração do nosso país. Uma das funções do Canal Olímpico é democratizar o esporte olímpico do Brasil, e com a transmissão dos Jogos da Juventude teremos a oportunidade de apresentar ao público promissores talentos de todas as regiões do nosso imenso país”, disse Paulo Wanderley, presidente do COB.

“Fiquei muito feliz com o convite do COB. Incentivar o esporte na base, estimular hábitos saudáveis e valores do esporte para jovens e crianças é fundamental não apenas para a formação de atletas, mas também de cidadãos de bem. Ser embaixadora dos Jogos da Juventude é uma honra, e minha missão é inspirar essa garotada com mensagens e bons exemplos, assim como fui inspirada por tantos grandes atletas quando eu ainda era uma menina que sonhava em ser atleta”, acrescentou Rebeca Andrade.

“Para muitos, os Jogos da Juventude são a porta de entrada para o sonho olímpico, e nós queremos proporcionar um contato com os grandes ídolos do esporte brasileiro. Queremos que os melhores atletas de até 17 anos do país tenham inspiração e cada vez mais vontade de dar continuidade em suas trajetórias, buscando sempre a excelência para que, em alguns anos, também estejam entre os melhores atletas do mundo”, finalizou Kenji Saito, diretor de desenvolvimento e ciências do esporte do COB.

Ao todo, serão 16 modalidades em disputa, e o objetivo do COB é convocar outros 15 embaixadores, além da ginasta.