Apple Music é a nova patrocinadora do show do intervalo do Super Bowl

Apple avança em investimentos no esporte americano e assumirá o lugar que anteriormente foi ocupado pela Pepsi no evento

setembro 23, 2022

O Super Bowl Halftime Show, o badalado evento que ocorre no intervalo do Super Bowl, tem um novo patrocinador. A Apple Music fechou com a NFL e assumirá o lugar que anteriormente foi ocupado pela Pepsi, que optou por não renovar o acordo para 2023.

Especula-se que o contrato foi fechado por cinco temporadas e US$ 50 milhões por ano. Desta maneira, a propriedade passa a ser chamada de Apple Music Super Bowl Halftime Show.

Leia também: A Apple será protagonista no conteúdo esportivo e eu posso provar

“Música e esportes ocupam um lugar especial em nossos corações, por isso estamos muito animados que o Apple Music fará parte do maior palco da música e do futebol. Estamos ansiosos por performances ainda mais épicas no próximo ano e além com o Apple Music Super Bowl Halftime Show”, disse Oliver Schusser, vice-presidente da Apple Music and Beats.

“Não poderíamos pensar em um parceiro mais apropriado para a apresentação musical mais assistida do mundo do que a Apple Music, um serviço que entretém, inspira e motiva milhões de pessoas em todo o mundo por meio da interseção de música e tecnologia”, acrescentou Nana- Yaw Asamoah, vice-presidente sênior de estratégia de parceiros da NFL.

Trata-se de mais um grande investimento da Apple no esporte. Sua plataforma de streaming fechou acordos com a Major League Baseball e a Major League Soccer para mostrar jogos de maneira exclusiva aos assinantes. Em ambos casos o mercado brasileiro está incluído.

O primeiro Super Bowl com a Apple como patrocinadora do intervalo acontecerá no dia 12 de fevereiro de 2023, em Glendale, Arizona.