Licenciamento

Com ativação para a Copa do Mundo, Volt Sport apresenta uniformes para patrocinados

Peças amarelas trazem referências à Seleção Brasileira e à história dos clubes

Com ativação para a Copa do Mundo, Volt Sport apresenta uniformes para patrocinados

28 de setembro de 2022

2 minutos de Leitura

A pouco menos de dois meses para o início da Copa do Mundo, a Volt Sport, empresa de material esportivo 100% brasileira, apresentou uniformes especiais para os oito clubes do seu portfólio. América, Botafogo-SP, Criciúma, CSA-AL, Figueirense, Remo, Santa Cruz-PE e Vitória terão camisas amarelas em homenagem à Seleção Brasileira.

Nas cores tradicionais do uniforme canarinho, os modelos contam com acabamentos em verde. Produzido no tecido Dry Ray, material que conta com propriedades térmicas e proteção contra raios solares, a camisa também conta com o selo “100% Brasil”, personalização localizada na barra inferior. No canto esquerdo superior, o escudo dos clubes foi feito em ATK. Do outro lado, a logomarca da Volt foi aplicada em 3D.

O grande diferencial está nos ombros e nas laterais. Cada clube conta com personalizações diferentes, com várias alusões a símbolos que homenageiam a história e a força das equipes e das cidades em que estão, como estádios, monumentos locais, ano de fundação, entre outros.

Além dos mantos, serão lançados posteriormente diversos produtos, como canecas, bonés e camisetas que fazem referência à Copa do Mundo. Os modelos oficiais custam R$169,90 , com 10% de desconto para os sócios-torcedores de cada agremiação. As vendas já estão disponíveis no e-commerce dos clubes. Nesta quinta-feira (29), os torcedores também poderão encontrar nas lojas físicas.

“A ação dos uniformes voltados para a Copa do Mundo é mais uma linha especial para os nossos clubes. Desde a fundação da Volt, tínhamos esse projeto em mente para o Mundial. Ouvimos muitos pedidos dos torcedores querendo camisas das equipes para utilizarem durante o torneio. Além disso, cada clube traz características exclusivas na camisa, o que deixou a peça ainda mais especial”, disse Fernando Kleimmann, sócio-diretor da Volt Sport.

Fotos: Igor Pola/Volt Sport

Compartilhe