FIFA+, plataforma de streaming da FIFA, venderá NFTs da Copa do Mundo

O “Fifa+ Collect” contará com imagens e ilustrações históricas da competição

setembro 5, 2022

O Fifa+, serviço de streaming da Fifa, comercializará NFTs de momentos icônicos da Copa do Mundo. O projeto envolve o Catar 2022 e o Mundial feminino disputado na Austrália/Nova Zelândia em 2023.

O “Fifa+ Collect” contará com imagens e ilustrações históricas das competições, com os primeiros para serem lançados em outubro na plataforma global direta ao consumidor do Fifa+. Entre as imagens estarão o gol de mão de Diego Maradona na Copa de 1986 e o capitão inglês Bobby Moore levando o troféu de campeão em 1966.

“O ‘fandom’ está mudando, e os fãs de futebol de todo o mundo estão se envolvendo com o jogo de maneiras novas e empolgantes. Este anúncio emocionante torna os colecionáveis ​​da Fifa disponíveis para qualquer fã, democratizando a capacidade de possuir uma parte da Copa do Mundo da Fifa. Assim como as recordações e adesivos esportivos, esta é uma oportunidade acessível para os fãs de todo o mundo se envolverem com seus jogadores favoritos, momentos e muito mais em novas plataformas”, disse Romy Gai, diretor de negócios da Fifa.

A linha de NFTs é fruto de uma parceria da Fifa com a empresa de blockchain Algorand, apoiadora regional da Copa do Mundo do Catar para América do Norte e Europa, além de patrocinadora oficial da Copa do Mundo Feminina de 2023 na Austrália e Nova Zelândia.

“A plataforma da Fifa, por meio de uma blockchain pública verdadeiramente descentralizada e escalável, é a primeira representação tangível da parceria técnica anunciada recentemente entre a Fifa e a Algorand. O compromisso que a Fifa fez de conectar-se à Web 3.0 habilitada pela Algorand é uma prova de seu espírito inovador e desejo de se envolver direta e perfeitamente com os fãs em todo o mundo”, acrescentou Sean Ford, executivo-chefe interino da Algorand.