Vini Jr: baila em campo e no marketing esportivo

Independente do que ocorrer na Copa do Mundo, ele continuará desempenhando uma bela carreira dentro e fora dos gramados

setembro 22, 2022
Fábio Wolff

Fábio Wolff é sócio-diretor da Wolff Sports, e professor em cursos de MBA em Gestão e Marketing Esportivo no Ibmec e na Trevisan Escolha de Negócios

Em choque tenho acompanhado como o racismo e a xenofobia, apesar de tantas e incisivas manifestações em contrário, está ainda impregnado na sociedade mundial.

Declarações e manifestações racistas e xenófobas em jogos de futebol, infelizmente, ainda é algo recorrente. E, hoje, li estarrecido que um atleta de basquete sub-13 do Palmeiras sofreu injúria racial e a comissão técnica, acertadamente, decidiu retirar a equipe da quadra.

Temos uma história linda em relação ao Vini Jr, um atleta sem condições financeiras e que lutou, se aperfeiçoou, e hoje é um dos melhores jogadores do mundo, um verdadeiro exemplo.

E, vejam, estamos falando de um atleta que possui uma postura irretocável, não apenas dentro do gramado, onde esbanja alegria e boa energia, como além do gramado, realizando um trabalho irretocável por intermédio da Fundação Vini Jr, ao proporcional oportunidade a muitas crianças carentes.

Vale menção ao trabalho muito bem realizado por seu staff, por seus empresários da TFM Agency.

Não é à toa de que esse atleta se tornou o protagonista do mercado publicitário brasileiro com diversos contratos assinados: Nike, Eletronic Arts, Vivo, Betnacional e as Casas Bahia.

Independente do que ocorrer na Copa do Mundo, tenho a plena certeza de que o Vini Jr continuará desempenhando uma bela carreira dentro e fora dos gramados.

Aos racistas, o meu recado é de que se continuarem alimentando essa canalhice, talvez acabem fortalecendo o Vini Jr cada vez mais como uma bandeira mundial contra o racismo.

Por hora, o meu desejo e de muitos é de que o Vini continue fazendo as magias de sempre, proporcionando a todos muita felicidade e a esperança de um mundo melhor.

#BailaViniJr