Licenciamento

Ceará lança camisa Nossa Luta, em alusão ao Dia da Consciência Negra

Parte da receita com o novo uniforme do Vozão será revertida para o Observatório da Discriminação Racial no Futebol

Ceará lança camisa Nossa Luta, em alusão ao Dia da Consciência Negra

26 de outubro de 2022

2 minutos de Leitura

O Ceará lançou um novo uniforme oficial. Nesta quarta-feira, o Alvinegro de Porangabuçu apresentou a camisa Nossa Luta, uniforme alusivo ao Dia da Consciência Negra, data comemorada no mês de novembro que busca a conscientização para a igualdade racial em nosso país.

O novo uniforme do Mais Querido foi lançado oficialmente em uma campanha idealizada pelo setor de marketing do clube. Na ação, os rappers Bakkari e Gutto, residentes da capital cearense, compuseram uma música que fala sobre as lutas contra o racismo com atletas marcantes da história do Vozão como personagens.

Para o lançamento da campanha, o clube promoveu um clipe gravado em locações como a Comunidade do Kanal, o Titanzinho e o Poço da Draga, pontos da capital cearense.

“É muito importante que o Ceará, como um clube de massa, se posicione de forma ativa e contundente contra o racismo. Nós estamos vivendo um momento onde estão acontecendo cada vez mais casos de racismo no futebol e a gente precisa mostrar pra a sociedade a importância de ser contra o racismo, ainda mais em uma data tão simbólica como o Dia da Consciência Negra”, afirma o Gerente de Marketing do clube, João Costa.

A camisa é 100% comemorativa e o Vozão não entrará em campo em partidas oficiais com ela. De todo modo, os novos uniformes já estão disponíveis para a venda em todas as lojas Vozão nos modelos masculino e feminino. Para os alvinegros a camisa custará R$ 239,90 e para as torcedoras do Vozão, o novo uniforme terá um custo de R$ 199,90.

De todo o lucro obtido com a camisa, o Ceará destinará parte da receita para o Observatório da Discriminação Racial no Futebol, buscando fazer com que mais ações de combate ao racismo no esporte sejam realizadas. Anualmente, a entidade realiza um levantamento da quantidade de casos de discriminação racial envolvendo atletas brasileiros em nosso país e no exterior.

Segundo o Relatório da Discriminação Racial 2021, um total de 158 casos que se enquadram nestes aspectos foram registrados somente no último ano.

Compartilhe