Indústria

Adidas pode ter executivo da Puma como seu novo CEO a partir de 2023

Bjørn Gulden é especulado para ocupar o lugar de Kasper Rorsted, que anunciou sua saída em agosto

Adidas pode ter executivo da Puma como seu novo CEO a partir de 2023

07 de novembro de 2022

2 minutos de Leitura

A Adidas negocia com Bjørn Gulden, principal executivo da PUMA, para ocupar o cargo de Kasper Rorsted como CEO da marca. O executivo dinamarquês ocupa a função na marca das três listras há seis anos, mas anunciou sua saída do posto.

Segundo a adidas, a mudança de CEO ocorre após “três anos desafiadores marcados pelas consequências econômicas do coronavírus e tensões geopolíticas”. Essa situação exigiu “enormes esforços” por parte de Rorsted, acrescentou a marca, como encerrar seus negócios na Rússia em retaliação à invasão da Ucrânia.

A declaração da Adidas foi acompanhada por um movimento da PUMA de promover Arne Freundt como seu presidente do conselho de administração e novo CEO. Freundt iniciará um contrato de quatro anos em 1º de janeiro, tendo trabalhado para a PUMA por mais de uma década.

O mandato de Gulden como membro do conselho de administração termina no final de 2022.

Já Rorsted tornou-se CEO da Adidas em 2016. Em 2020, a alemã concordou em estender seu contrato até 31 de julho de 2026.

Apesar das especulações envolvendo a chegada de Gulden como CEO da Adidas, há quem diga que ele não poderia deixar a PUMA e migrar para a concorrente por uma cláusula de seu contrato de trabalho.

Compartilhe