Indústria

Bahia marca para 10 de dezembro Assembleia Geral de votação sobre venda da SAF

A reunião do Conselho Deliberativo do clube aprovou a inclusão da Lei da SAF no estatuto do time

Bahia marca para 10 de dezembro Assembleia Geral de votação sobre venda da SAF

04 de novembro de 2022

2 minutos de Leitura

Acontecerá no dia 10 de dezembro a reunião de Assembleia Geral do Bahia para a votação da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) e sua venda para o City Football Group (CFG). O anúncio foi feito durante o 5º encontro sobre a SAF do Bahia, transmitido ao vivo pelo canal do YouTube do time baiano.

A reunião do Conselho Deliberativo do Bahia aprovou a inclusão da Lei da SAF no estatuto do time. Com isso, o presidente do conselho, Leonardo Martinez, divulgou o cronograma para a implantação da SAF daqui para frente.

“Teremos quatro reuniões do Conselho Deliberativo para discutir a proposta, sendo duas com a presença da Diretoria Executiva e do jurídico externo do Bahia, que participou durante todo esse processo”, disse Martinez.

O próximo encontro será na próxima sexta-feira (11), com a presença da Comissão Jurídica e Comissão Provisória da SAF. Ambas farão apresentação formal de seus relatórios. O dia 20 será o prazo limite para envio de sugestões. Já no dia 26 haverá uma Assembleia Geral Extraordinária para os sócios do Bahia julgarem a alteração no estatuto que foi aprovada na última quinta-feira (3). Até o dia 29 haverá a entrega do parecer final do Conselho Deliberativo.

“A mesa diretora do Conselho, em comum acordo com a Diretoria executiva, já deixou definida a data da Assembleia Geral para o julgamento da proposta, na qual o sócio decidirá de forma final sobre a proposta no dia 10 de dezembro”, acrescentou Martinez.

O valor de 90% da SAF é de R$ 700 milhões. O clube associativo ficaria com os 10%. Pelo acordo, a CFG assumiria dívidas de até R$ 300 milhões do Bahia.

Caso o negócio se concretize, o Bahia será o 12º clube sob gestão do CFG. O portfólio é composto pelo Manchester City, atual campeão da Premier League, mas o grupo também é dono de Palermo (Itália), Girona (Espanha), New York City (Estados Unidos), Melbourne City (Austrália), Mumbai City (Índia), Lommel (Bélgica), Troyes (França), Montevideo City Torque (Uruguai), Yokohama Marinos (Japão) e Sichuan Jiuniu (China).

Compartilhe