Copa do Mundo 2022

Pesquisa do Itaú Unibanco e da Rede detalha gastos dos brasileiros com a Copa do Mundo

O estudo aponta aumento significativo nos gastos feitos por brasileiros no Catar

Pesquisa do Itaú Unibanco e da Rede detalha gastos dos brasileiros com a Copa do Mundo

19 de novembro de 2022

2 minutos de Leitura

E a Copa do Mundo do Catar segue gerando levantamentos sobre os mais variados temas. Agora chegou a vez do relatório ”Análise do Comportamento de Consumo”, realizado pelo Itaú Unibanco e a Rede, que aponta um relevante aumento nos gastos dos brasileiros que estão no país-sede do torneio.

O valor transacionado para consumo no Catar aumentou 40% no terceiro trimestre em relação ao anterior. Já a quantidade de operações aumentou 37%. Entre os segmentos de maior aumento, destacam-se as agências de turismo, +72% na quantidade de operações e ticket médio de R$ 17.825; aluguel de automóveis, +183% e ticket médio de R$ 1.593; e atrações turísticas, +22% e ticket médio de R$ 402.

A compra dos ingressos pelos brasileiros para os jogos da Copa teve um ticket médio de R$ 4.766. A geração Y responde por 55% das aquisições de entradas, contra 31% da X. Sobre os estados, a lista conta com São Paulo (52%), Rio de Janeiro (14%), Paraná (5%), Minas Gerais (5%) e Distrito Federal (4%).

Impactado pela Copa do Mundo, o setor de artigos esportivos registrou crescimento de 32% no valor transacionado no Brasil, além de aumento de 24% na quantidade de operações. Destaque para os players que comercializaram a camisa oficial da seleção brasileira.

O relatório “Análise do Comportamento de Consumo” levou em consideração as compras utilizando cartões do Itaú Unibanco e nas vendas realizadas nos sistemas da Rede, empresa de meios de pagamentos do banco.

Compartilhe