Libra terá Mubadala Capital como investidora da liga brasileira de futebol

A Libra aprovou a assinatura de um contrato de exclusividade para vender 20% do seu capital ao fundo soberano de Abu Dhabi

novembro 8, 2022

O Mubadala, fundo soberano de Abu Dhabi, fez uma oferta de R$ 4.750 bilhões pela compra de 20% da nova Liga do Brasileiro. A proposta foi feita para os clubes da Libra, bloco formado por Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Guarani, Ituano, Novorizontino, Palmeiras, Ponte Preta, Red Bull Bragantino, Santos, São Paulo e Vasco.

Representantes dos clubes que compõem a liga votaram para negociar exclusivamente com a Mubadala Capital, que teve a concorrência de outros grupos de investimento.

O processo competitivo foi conduzido pelo banco BTG Pactual e pela Codajas Sports Kapital (CSK) e aprovado por unanimidade na Assembleia Geral da Libra, realizada na segunda-feira (7).

Segundo Lauro Jardim, que adiantou a informação, os clubes da Libra receberão valores diferentes pelo negócio. O Flamengo ficará com a maior parcela, enquanto o Corinthians receberá R$ 300 milhões. O Botafogo embolsará R$ 160 milhões.

Ainda de acordo com o jornalista, metade deste montante será pago na assinatura do contrato, e o restante em mais duas parcelas.

Há, no entanto, uma divisão entre os clubes que integram a Libra e os que formaram a Liga Forte Futebol (LFF). Ambos ainda buscam um entendimento, apesar da proposta feitao pelo fundo.

A LFF é formada por América-MG, Athletico-PR, Atlético-GO, Atlético-MG, Avaí, Brusque, Ceará, Chapecoense, Coritiba, CRB, Criciúma, CSA, Cuiabá, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Internacional, Juventude, Londrina, Náutico, Operário-PR, Sampaio Corrêa, Sport, Tombense e Vila Nova.

Sobre a Mubadala

A investidora tem aproximadamente US$ 16 bilhões em ativos sob sua gestão. O grupo tem histórico de investimentos e seu portfólio inclui a Yes Network, provedora de TV por assinatura dos Estados Unidos, e a SX Global, empresa australiana que promove o Campeonato Mundial FIM Supercross de motociclismo.

Compartilhe: