Indústria

Após 11 anos, Jean-Claud Blanc deixa o cargo de CEO do PSG

Executivo irá trabalhar em grupo britânico Ineos, que é dono do Nice

Após 11 anos, Jean-Claud Blanc deixa o cargo de CEO do PSG

28 de dezembro de 2022

1 minutos de Leitura

O PSG anunciou a saída de Jean-Claude Blanc, CEO do clube durante 11 temporadas. Ele é considerado um dos gestores esportivos mais experientes da Europa.

Em seu currículo, constam passagens pela Juventus, clube em que foi presidente e CEO, Volta da França de ciclismo, o rali Dacar, além de Roland Garros e Copa Davis.

Grégory Durand, diretor jurídico do clube parisiense, é o mais cotado para assumir o lugar deixado por Blanc.

No PSG, o executivo era considerado braço direito do dono do clube, Nasser Al-Khelaïfi. Segundo o L’Équipe, Blanc irá para a petroquímica britânica Ineos, que é controladora do Nice, do futebol francês, entre outros ativos.

A Ineos é propriedade do magnata Jim Ratcliffe, que comprou o Nice por € 100 milhões em 2019. O grupo também é um dos principais patrocinadores da equipe Mercedes na Fórmula 1. Com o Nice, a Ineos pretende chegar à Champions League em até cinco anos.

O antigo CEO chegou ao PSG em novembro de 2011 e ajudou na transformação do clube. Segundo a equipe, a mudança de comando ocorre “em um contexto de transformação contínua” e afirmou que Blanc terá “um novo desafio profissional em 2023”.

Compartilhe