Estudo detalha os patrocínios nos uniformes no Campeonato Brasileiro 2022

Empresas de apostas se destacaram na propriedade máster, com onze patrocínios vindos de sete marcas do setor

janeiro 25, 2023

De acordo com um estudo realizado pelo Ibope Repucom, o número de patrocinadores dos clubes da Série A do Campeonato Brasileiro caiu na temporada 2022.

Segundo a empresa, a queda se deve ao rebaixamento de dois dos cinco times com mais marcas expostas em seus uniformes: Chapecoense e Sport, que atuaram na Série B em 2022. Além disso, o volume de patrocínios pontuais também diminuiu entre os anos, de 48 contratos em 2021 para 20 na temporada passada.

Desta maneira, em média, os clubes da Série A de 2022 tiveram volume 8% menor de patrocinadores e promoveram 159 marcas em seus uniformes (contra 172 de 2021).

O relatório também detalha que a taxa de permanência dos acordos de uma temporada para a outra superou os 50% pelo segundo ano consecutivo, chegando a 53% em 2022. Por outro lado, ficou abaixo dos 61% registrados em 2021.

Empresas de apostas se destacaram

Entre os setores com mais participação nos uniformes das equipes, destaque, é claro, para as apostas esportivas. Com um crescimento de 45% no último ano, o segmento subiu de 11 patrocinadoras em 2021 para 16 em 2022.

Quando o assunto foi patrocínio máster nas camisas dos clubes da Série A no último ano, 11 patrocínios de sete casas de apostas. Na segunda posição, o setor financeiro com oito acordos de seis marcas diferentes.