Forbes revela lista dos impérios esportivos mais valiosos do mundo

Pelo segundo ano consecutivo a Liberty Media, dona da Formula 1, fica no topo da lista

janeiro 24, 2023

A revista Forbes fez um levantamento das 25 instituições ligadas ao esporte mais valiosas do mundo. A pesquisa foi revelada nesta terça-feira (24) e vai desde empresas de mídia a famílias de magnatas esportivos.

+ FILA contrata ex-Adidas como presidente
+ Chegada de reforços ao Chelsea fará UEFA mudar regulamento

Boa parte das empresas presentes na lista são detentoras de grandes equipes, seja de futebol, futebol americano, NBA ou baseball. Além disso, algumas, além de equipes, controlam fortes marcas de mídia, algo que está muito presente no setor.

Somados, os 25 impérios esportivos mais valiosos do mundo valem um total de US$ 173 bilhões, incremento de 23% em relação ao ano passado.

O conglomerado mais valioso é a Liberty Media, que segundo a Forbes, é liderado pelo bilionário John Malone. Seus principais ativos esportivos são a Fórmula 1 e o Atlanta Braves, da MLB.

Siga o MKTESPORTIVO no InstagramTwitter Facebook!


* Indica propriedade de 50% ou menos

Liberty Media

Valor: US$ 20,8 bilhões;

Propriedades: Atlanta Braves, Fórmula 1, Drone Racing League*, Kroenke Arena Co.*, Meyer Shank Racing* e Overtime Sports*;

Pessoas-chave:  John Malone, Gregory Maffei (presidente e CEO), Albert Rosenthaler (CCDO).

Atlanta Bravers é uma das equipes do grupo Liberty Media – Foto: PATRICK SMITH/GETTY

Kroenke Sports & Entertainment

Valor: US$ 12,75 bilhões;

Propriedades: Los Angeles Rams, Colorado Avalanche, Denver Nuggets, Arsenal, The Guard, Colorado Rapids, Colorado Mammoth e Altitude Sports and Entertainment;

Pessoa-chave: E. Stanley Kroenke (proprietário e presidente).

Jerry Jones

Valor: US$ 11,32 bilhões;

Propriedades: Dallas Cowboys, Legends Hospitality*, The Star e GameSquare Esports*;

Pessoa-chave: Jerry Jones (proprietário, presidente e gerente geral dos Cowboys).

Fenway Sports Group

Valor: US$ 10,4 bilhões;

Propriedades: Boston Red Sox, Liverpool FC, Roush Fenway Keselowski Racing*, NESN, Fenway Sports Management e Pittsburgh Penguins;

Pessoas-chave: John Henry (cofundador e principal proprietário) e Thomas Werner (cofundador e presidente).

Madison Square Garden Sports Corp.

Valor: US$ 9,17 bilhões;

Propriedades: New York Knicks, New York Rangers, Counter Logic Gaming e Hartford Wolf Pack;

Pessoas-chave: James Dolan (presidente executivo) e David Hopkinson (presidente e COO).

Kraft Group

Valor: US$ 7,94 bilhões;

Propriedades: New England Patriots, New England Revolution, UFC*, Kraft Analytics Group, DraftKings* e Oxygen Esports*;

Pessoa-chave: Robert Kraft (fundador, presidente e CEO).

Yankee Global Enterprises

Valor: US$ 7,64 bilhões;

Propriedades: New York Yankees, Legends Hospitality*, YES Network*, New York City FC*, Yankee Stadium Events e AC Milan*;

Pessoa-chave: Hal Steinbrenner (sócio geral e presidente do conselho).

Família Glazer

Valor: US$ 7,53 bilhões;

Propriedades: Manchester United e Tampa Bay Buccaneers;

Pessoas-chave: Bryan Glazer, Edward Glazer e Joel Glazer.

Familia é dona da maior parte do Manchester United – Foto: Stefan Wermuth/Bloomberg/Getty Images

Fundação Paul G. Allen

Valor: US$ 7,41 bilhões;

Propriedades: Seattle Seahawks, Portland Trail Blazers e Seattle Sounders*;

Pessoa-chave: Jody Allen (presidente).

Maple Leaf Sports & Entertainment

Valor: US$ 6,42 bilhões;

Propriedades: Toronto Raptors, Toronto Maple Leafs, Toronto FC, Toronto Argonauts e Toronto Marlies;

Pessoas-chave: Cynthia Devine (presidente e CEO) e Sabina Rizvi (CFO).

49ers Enterprise

Valor: US$ 5,97 bilhões;

Propriedades: San Francisco 49ers, Leeds United* FC e Elevate Sports Ventures*;

Pessoas-chave: Denise DeBartolo York (proprietária e co-presidente do 49ers) e John York (proprietário e co-presidente do 49ers).

City Football Group

Valor: US$ 5,96 bilhões;

Propriedades: Manchester City, New York City FC, Melbourne City FC, EC Bahia, entre outros clubes;

Pessoas-chave: Ferran Soriano (CEO) e Roel De Vries (COO do Grupo).

Shad Khan

Valor: US$ 5,95 bilhões;

Propriedades: Jacksonville Jaguars, Fulham FC e All Elite Wrestling;

Pessoas-chave: Shad Khan (proprietário dos Jaguars) e Tony Khan (diretor de estratégia de futebol; CEO e gerente geral da AEW).

Família Benson

Valor: US$ 5,69 bilhões;

Propriedades: New Orleans Saints e New Orleans Pelicans;

Pessoa-chave: Gayle Benson (dona do Saints e Pelicans).

Guggenheim Baseball Management

Valor: US$ 4,92 bilhões;

Propriedades: Los Angeles Dodgers e Spectrum SportsNet LA;

Pessoa-chave: Mark Walter (CEO).

Haslam Sports Group

Valor: US$ 4,83 bilhões;

Propriedades: Cleveland Browns e Columbus Crew;

Pessoas-chave: Dee e Jimmy Haslam (gerentes e sócios principais).

AMB Group

Valor: US$ 4,77 bilhões;

Propriedades: Atlanta Falcons, Atlanta United, PGA Tour Superstore e AMBSE Ventures*;

Pessoas-chave: Arthur Blank (proprietário).

Harris Blitzer Sports & Entertainment

Valor: US$ 4,65 bilhões;

Propriedades: Philadelphia 76ers, New Jersey Devils, New Meta Entertainment*, Elevate Sports Ventures*, HBSE Ventures e Utica Comets;

Pessoas-chave: Josh Harris (co-fundador e sócio-gerente) e David Blitzer (co-fundador e sócio-gerente).

Tepper Sports and Entertainment

Valor: US$ 4,55 bilhões;

Propriedades: Carolina Panthers e Charlotte FC;

Pessoa-chave: David Tepper (proprietário).

Monumental Sports & Entertainment

Valor: US$ 4,51 bilhões;

Propriedades: Washington Wizards, Washington Capitals, aXiomatic*, NBC Sports Washington, Monumental Sports Network e Washington Mystics;

Pessoa-chave: Ted Leonsis (sócio principal e CEO).

Pegula Sports & Entertainment

Valor: US$ 4,46 bilhões;

Propriedades: Buffalo Bills, Buffalo Sabres, Adpro Sports, Buffalo Bandits, Rochester Americans e Rochester Knighthawks;

Pessoas-chave: Terry e Kim Pegula (proprietários).

Bufallo Bills é uma das empresas do grupo Pegula Sports – Reprodução/Twitter

Wilf Family

Valor: US$ 4,36 bilhões;

Propriedades: Minnesota Vikings, Orlando City SC, Orlando Price e Wise Ventures;

Pessoa-chave: Zygmunt Wilf (proprietário e presidente dos Vikings).

Joe Tsai

Valor: US$ 3,99 bilhões;

Propriedades: Brooklyn Nets, San Diego Seals, Las Vegas Desert Dogs, New York Liberty, G2 Esports* e LAFC*;

Pessoa-chave: Joe Tsai (dono dos Nets).

Ricketts Family

Valor: US$ 3,73 bilhões;

Propriedades: Chicago Cubs e Marquee Sports Network*;

Pessoa-chave: Tom Ricketts (proprietário e presidente do Cubs).

RedBird Capital Partners

Valor: US$ 3,60 bilhões;

Propriedades: AC Milan, Fenway Sports Group*, Yes Network*, Rajasthan Royals*, Toulouse FC, XFL* e Dream Sports*;

Pessoa-chave: Gerry Cardinale (fundador e sócio-gerente).

Lista completa feita pela Forbes