Indústria

Brasil pode receber finais de Libertadores e Sul-Americana 2023

Conmebol deseja que as finais de ambas as competições aconteçam na mesma cidade

Brasil pode receber finais de Libertadores e Sul-Americana 2023

23 de fevereiro de 2023

2 minutos de Leitura

O Brasil está sendo considerado como possível sede das finais da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana de 2023. A informação foi divulgada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL), que afirmou estar em contato com as autoridades brasileiras para avaliar a possibilidade.

+ Reino Unido propõe órgão de controle financeiro no futebol inglês
+ Band terá Claro, Faz o Bet Aí, Heineken, Ipiranga, Philco e Renault para F1 em 2023

Dentre os postulantes, o Brasil surge como favorito. São Paulo, Porto Alegre e Brasília se ofereceram para sediar a final da Libertadores, contudo, poderão ser selecionadas para acolher a Sul-Americana, em razão de já terem hospedado o outro evento. De acordo com a investigação realizada pelo portal Goal Brasil, Argentina e Colômbia também estão competindo.

A previsão é que a decisão sobre a sede da final única da Libertadores e da Copa Sul-Americana de 2023 seja tomada durante a reunião da Conmebol, agendada para o dia 22 de março. No entanto, algumas horas após essa reunião, a entidade também realizará o sorteio dos grupos da fase inicial de ambos os torneios.

A ideia da CONMEBOL é realizar as duas finais em uma única cidade, para facilitar a organização e reduzir os custos. Além disso, a entidade quer garantir que as partidas sejam disputadas em estádios de qualidade e com capacidade para receber um grande público.

Siga o MKTESPORTIVO no InstagramTwitter Facebook!

O Brasil é um dos países mais cotados para receber as finais, já que possui uma infraestrutura de ponta para a realização de grandes eventos esportivos. Além disso, o país tem tradição no futebol e conta com capacidade de encher os estádios nas finais.

A decisão final sobre a sede das finais da Libertadores e da Sul-Americana de 2023 deve ser anunciada nos próximos meses, mas tudo indica que o Brasil está na disputa para sediar esses importantes jogos do futebol sul-americano.

Compartilhe