Indústria

Fórmula 1 aumenta seus ganhos para US$ 2.57 bilhões na temporada de 2022

A categoria aumentou sua receita em 20% impulsionada pela presença do público nas etapas

Fórmula 1 aumenta seus ganhos para US$ 2.57 bilhões na temporada de 2022

02 de março de 2023

2 minutos de Leitura

A Fórmula 1, de propriedade da Liberty Media, aumentou seu lucro em cerca de 20% em 2021 e faturou cerca US$ 2,14 bilhões. Já em 2022, os números positivos atingiram US$ 2.57 bilhões. Os valores foram divulgados nesta quinta-feira (2).

+ Com surpreendente saída de Dietmar Hopp, Hoffenheim entrará na regra “50+1” do futebol alemão
+ Itália e adidas lançam camisa retrô inspirada nos modelos dos anos 90

O faturamento da competição é composta por três partes: receita de promoção de corridas, direitos de transmissão e ganhos comerciais, que representaram 28,6%, 36,4% e 16,9%, respectivamente, do total embolsado pela Fórmula 1. O aumento de 36% na presença do público nos circuitos em relação à temporada de 2019, alcançando 5,7 milhões de espectadores, foi um dos principais fatores para o incremento.

“O Grande Prêmio de Las Vegas será um grande impulso para o esporte e será outra maneira de atrair fãs que não estavam familiarizados com a Fórmula 1”, disse Greg Maffei, CEO da Liverty Media.

Siga o MKTESPORTIVO no InstagramTwitter Facebook!

Stefano Domenicali, CEO da categoria, admitiu que “a Fórmula 1 registrou um recorde de assistência em suas corridas em 2022 e voltou a ser o esporte de maior crescimento nas redes sociais”. Ele acrescentou que “continuamos a incentivar a participação dos fãs por meio de nossas transmissões, conteúdo aprimorado na F1 TV, canais sociais e novas experiências imersivas, como os produtos F1 Arcade e F1 Exhibition”.

Compartilhe