Atletas

Afinal, por que “Air” deixou Michael Jordan em segundo plano?

O longa mostra em closes fechados, desfocado ou de costas o que o público sabe se tratar da lenda do basquete em cena

Afinal, por que “Air” deixou Michael Jordan em segundo plano?

13 de abril de 2023

2 minutos de Leitura

Mesmo que você ainda não tenha assistido ‘Air: A História por Trás do Logo’ (e nós assistimos e demos nossa opinião), sabe que ele é baseado na história da contratação de Michael Jordan pela Nike, que venceu a forte concorrência de Converse e adidas.

No entanto, quem espera ver alguém interpretado o GOAT do basquete, sairá frustrado, afinal, Jordan aparece por diversas vezes, mas sempre em segundo plano, com o rosto escondido, sem nenhum protagonismo.

Ben Affleck, diretor do filme, abordou o tema e afirmou ser impossível escalar alguém que pudesse personificar Michael. Assim, o destaque só é oferecido ao público a partir de imagens reais, de arquivo.

“Como você conta uma história sobre Michael Jordan e nunca o vê? Quando você é essa pessoa, quando você se torna muito mais do que um herói, um atleta ou mesmo um ícone, você começa a se tornar uma ideia para as pessoas. Você os toca e simplesmente começa a representar esperança, excelência e grandeza. Você é único. E de jeito nenhum eu pediria ao público que acreditasse que alguém além de Michael Jordan era Michael Jordan”, disse Affleck.

O diretor ainda afirmou que quis fazer do atleta um “éter” no filme e acredita que não exista nenhum ator que represente a grandeza e simbologia que Jordan carrega por si.

“Michael Jordan é tão famoso que realmente senti que se algum dia víssemos um ator interpretando, seria difícil fazer o público suspender sua descrença, porque, na minha opinião, não há como convencer ninguém que alguém que não é Michael Jordan ser Michael Jordan. Sentimos que uma maneira mais interessante de contar a história seria ele existir no éter do filme”, completou.

Compartilhe