Patrocínio

Após falência da FTX, Miami Heat anuncia naming rights de ginásio com Kaseya até 2040

Casa da equipe da NBA agora será chamada de Kaseya Center

Após falência da FTX, Miami Heat anuncia naming rights de ginásio com Kaseya até 2040

05 de abril de 2023

2 minutos de Leitura

O Miami Heat anunciou um novo acordo de naming rights para o seu ginásio. Trata-se da empresa especializada no desenvolvimento de softwares Kaseya, cuja sede fica em Miami e que passará a dar nome ao espaço, agora Kaseya Center.

O contrato foi fechado por 17 anos e renderá US$ 2 milhões anuais à equipe. O condado de Miami-Made, dono do local, receberá US$ 117 milhões no total até 2040.

“Desde que a Kaseya transferiu sua sede para Miami, ela demonstrou um compromisso real em investir na nossa economia e em nossos talentos locais, abrindo as portas para os empregos do futuro. Este acordo não apenas nos permitirá continuar investindo em programas importantes de prevenção ao crime, mas também fortalecerá nossa marca como uma comunidade global, diversificada e pronta para o futuro”, disse Daniella Levine Cava, prefeita do condado de Miami-Dade.

“Miami é a nossa casa, e ter a Kaseya exibida globalmente como sinônimo de Miami é algo de que temos muito orgulho e agregará valor significativo aos nossos clientes, funcionários e comunidade. O Miami Heat é amplamente reconhecido como uma organização que alcançou os mais altos níveis de sucesso, tanto na quadra quanto na comunidade. À medida que a Kaseya se torna líder global em software de gerenciamento de TI e segurança, temos a honra de fazer parceria com uma franquia icônica que reflete nossa própria paixão por alcançar grandes feitos”, acrescentou Fred Voccola, CEO da Kaseya.

A empresa ainda será parceira oficial de soluções de tecnologia de informação (TI) do Miami Heat, desfrutando de visibilidade nas iniciativas da comunidade da franquia, assim como nas mídias digitais durante o período de vigência do contrato.

O nome do ginásio estava vago desde a falência da plataforma de criptomoedas FTX, que era dona da propriedade. O acordo, iniciado em março de 2021, era de 19 anos e valia US$ 135 milhões no total.

Além disso, com novos acordos de patrocínio e ampla exposição da modalidade, as casas de apostas esportivas, como a 22Bet entrar, relataram aumentos nos palpites nos jogos de basquete.

Compartilhe