Patrocínio

Fiba fecha acordo global com gigante chinesa Yili

Marca de laticínios estará nas quadras da Copa do Mundo de Basquete Masculino, que será disputada em três países do continente

Fiba fecha acordo global com gigante chinesa Yili
Multinacional do segmento de laticínios se tornou parceira global da Federação Internacional de Basquete

27 de abril de 2023

2 minutos de Leitura

A Federação Internacional de Basquete (Fiba) anunciou um acordo global com a gigante chinesa do segmento de laticínios Yili. A parceria tem como foco a Copa do Mundo de Basquete Masculino, que será disputada entre 25 de agosto e 10 de setembro na Indonésia, Japão e Filipinas.

Pelo contrato, a Yili terá sua logomarca nas quadras do torneio e o direito de usar submarcas para promover a parceria em seus próprios produtos. Além disso, os jogadores usarão toalhas da marca durante a competição.

A Yili ainda será coapresentadora do aplicativo do campeonato, o Basketball World Cup App. Com o objetivo de atrair fãs da modalidade, a empresa também já anunciou o astro Zhou Qi, que já chegou a atuar na NBA pelo Houston Rockets, como embaixador.

“Estamos muito felizes em nos tornar um parceiro global da Fiba. Todos na Yili estão entusiasmados com as possibilidades que a parceria oferece, tanto em termos de poder fazer nossa marca crescer quanto em ajudar a tornar o basquete ainda mais popular, algo que sabemos que já está crescendo em ritmo acelerado”, disse Liu Chunxi, presidente executivo do Yili Group.

Com o acordo, a Yili entra para uma lista de parceiros globais da Fiba que também conta com Ganten, Google, J9.basketball, Molten, Nike, Smart, TCL, Tencent, Tissot e Wanda Group.

“Estamos entusiasmados em poder dar as boas-vindas à Yili à família Fiba como nosso mais recente parceiro global. Ter uma marca líder na Ásia como parceira seria de grande importância a qualquer momento, mas é ainda mais especial levando em consideração a próxima Copa do Mundo de Basquete Fiba 2023 na região, que tem uma população combinada de mais de meio bilhão de pessoas”, acrescentou Andreas Zagklis, secretário geral da Fiba.

Compartilhe