Indústria

Estudo aponta que jovens preferem conteúdos gravados do que jogos ao vivo

Cerca de 30% dos fãs de esportes prefere assistir a clipes ou aos melhores momentos em vez de partidas inteiras ao vivo

Estudo aponta que jovens preferem conteúdos gravados do que jogos ao vivo
Faixa de 18 a 24 anos é a única que prefere ter acesso aos melhores momento no lugar de assistir a íntegra da transmissão

19 de maio de 2023

2 minutos de Leitura

Um levantamento realizado pela agência YouGov’s Sports mostrou que 30% dos fãs de esportes no mundo com idade entre 18 e 24 anos prefere assistir a clipes ou aos melhores momentos dos jogos em vez de ver as partidas inteiras ao vivo.

O estudo segue com outro dado relevante: 25% afirmam não ter preferência entre highlights e jogos inteiros. A faixa de 18 a 24 anos é a única que prefere melhores momento no lugar de assistir a íntegra da transmissão de uma partida.

Para chegar ao resultado, a pesquisa entrevistou 19.568 adultos, sendo 2.082 no Reino Unido.

Em território britânico, a YouGov’s Sports afirma que a TV ainda é o veículo mais popular para o consumo de esporte, com 38% da preferência. Veículos impressos ou on-line, e redes sociais, aparecem em seguida, empatados, com 14%.

Ainda no Reino Unido, 22% assistem conteúdos esportivos que não são ao vivo. Desse montante, 11% optam por replays na TV, enquanto 11% consomem pelo YouTube.

Por fim, o estudo embasa os dados e preferência por conteúdos gravados destacando os números obtidos por séries documentais como “Drive do Survive”, sobre os bastidores da Fórmula 1, produzida pela Netflix.

No Reino Unido, segundo a YouGov, ela foi assistida por 6.8 milhões de espectadores. “Drive do Survive” teve um alcance geral de 127 milhões de visualizações.

Compartilhe