Patrocínio

PUMA deve substituir Nike na seleção portuguesa em 2025

Gigante americana tem contrato com Portugal até o final de 2024 e marca alemã deve assumir em seguida

PUMA deve substituir Nike na seleção portuguesa em 2025

12 de junho de 2023

2 minutos de Leitura

A Seleção de Portugal deve deixar de vestir Nike e se tornar o novo ativo do portfólio da PUMA a partir de janeiro de 2025.

Segundo o espanhol Marca, a Federação Portuguesa de Futebol já tem um acordo com a empresa alemã e agora espera somente o fim do contrato com o swoosh para oficializar a parceria.

A publicação destaca que as negociações foram conduzidas pelo próprio presidente da entidade, Fernando Gomes, que recebeu uma “oferta irrecusável” para mudar de parceira.

A Nike está com Portugal desde 1997 e a última renovação foi assinada em 2017, com validade até 31 de dezembro de 2024. Desta maneira, independente do novo patrocínio, caso não ocorra uma renovação, a gigante americana entrará em campo com a seleção portuguesa pela última vez na Euro 2024, que será disputada de 14 de junho a 14 de julho de 2024, na Alemanha.

Vale lembrar que Cristiano Ronaldo, atual capitão da Seleção, é um dos principais nomes da Nike no esporte e fez com que o país tivesse amplo protagonismo nas campanhas publicitárias. No final do contrato, o português terá 39 anos e cada vez mais perto de se aposentar.

Pelo lado da PUMA, Portugal chegaria em uma espécie de substituição à Itália, que passou a vestir adidas recentemente, e figuraria ao lado de Uruguai, Suíça, Áustria, República Tcheca, Marrocos, Costa do Marfim, Gana, Egito, entre outras.

Compartilhe