Indústria

Sportico: Avaliada em US$ 3.13 bilhões, Ferrari é a equipe mais valiosa da F1

De acordo com a pesquisa, o Top 3 ainda conta com Mercedes (US$ 2.7 bilhões) e Red Bull (US$ 2.42 bilhões)

Sportico: Avaliada em US$ 3.13 bilhões, Ferrari é a equipe mais valiosa da F1

30 de junho de 2023

2 minutos de Leitura

Estudo realizado pelo especializado Sportico aponta a Ferrari como a equipe mais valiosa da Fórmula 1 avaliada em US$ 3,13 bilhões.

O TOP 3 fica completo com Mercedes (US$ 2.7 bilhões) e Red Bull (US$ 2,42 bilhões). As duas equipes dominam os títulos da principal categoria do automobilismo mundial desde 2010. De lá para cá, são sete títulos da Mercedes (seis com Lewis Hamilton e um com Nico Rosberg) e seis títulos da Red Bull (quatro com Sebastian Vettel e dois com Max Verstappen).

McLaren, Aston Martin e Alpine também ultrapassaram a barreira do bilhão. Na última posição esta a Haas, avaliada em US$ 710 milhões.

“O Sportico calculou a receita de cada equipe, baseando-se em demonstrações financeiras disponíveis publicamente a partir de relatórios anuais, e usamos nossas próprias estimativas nos casos em que informações detalhadas não estavam disponíveis. Realizamos entrevistas com pessoas que conhecem as finanças das equipes, incluindo banqueiros esportivos, advogados e investidores que analisaram as equipes de F1. Trocamos franqueza por anonimato. Essas informações foram examinadas por várias equipes e especialistas do setor”, destacou o Sportico.

Quando o assunto é “lucro significativo” na temporada passada, a Mercedes obteve US$ 114 milhões, enquanto a Ferrari atingiu US$ 50 milhões.

Por outro lado, Aston Martin, McLaren e Williams tiveram prejuízo. O maior deles foi da Aston Martin, com déficit de US$ 55 milhões.

Compartilhe