Indústria

Em parceria com a prefeitura de Salvador, Bahia vai assumir a gestão de 11 campos comunitários na cidade

Parceria tem como objetivo o atendimento social e a identificação de jovens talentos para o clube

Em parceria com a prefeitura de Salvador, Bahia vai assumir a gestão de 11 campos comunitários na cidade
Fotos: Prefeitura de Salvador

16 de agosto de 2023

2 minutos de Leitura

O Bahia assinou o termo de cooperação com a Prefeitura Municipal de Salvador para assumir a gestão e reforma de 11 campos espalhados pela capital baiana. A ação foi anunciada juntamente à apresentação da Lei Municipal de Esporte e Lazer de Salvador, e contou com a presença do prefeito de Salvador, Bruno Reis, e do CEO do Bahia SAF, Raul Aguirre.

A ideia inicial do projeto se iniciou em maio deste ano, após reunião realizada entre o prefeito da capital baiana e o CEO do Grupo City, Ferran Soriano. O objetivo da parceria é aliar a ação social à possibilidade de identificação de jovens talentos para o Bahia.

“A prefeitura se compromete a nos entregar os campos reformados, em boas condições, com grama sintética, iluminação e estrutura. As nossas obrigações são de fornecer profissionais e equipamentos necessários para desenvolver atividades de até 120 atletas, meninos e meninas, por campo, de 8 a 14 anos de idade”, disse Raul Aguirre, CEO da SAF do Bahia.

Aguirre ainda explicou como irá funcionar a gestão desses campos, e completou dizendo que o clube pode chegar a gerir até 30 campos na cidade.

“Os profissionais envolvidos serão, preferencialmente, pessoas das comunidades onde os campos estão inseridos. Vamos fornecer bolas, equipamentos de treino, como coletes e alimentação para os garotos”, finalizou.

O clube vai assumir a gestão dos seguintes campos:

Campo Candeal, Campo da Urbis (Subúrbio), Campo da Pronaica (Cajazeiras), Campo do Lasca (Cidade Baixa), Marisco Uruguai (Cidade Baixa), Centro Integrado de Esportes (Itapuã), Vale das Pedrinhas, Campo do Beco do Cirilo (Liberdade), Campo do Arvoredo (Cabula), Campo do Mirandão (Valéria) e o Campo do Jaqueirão (Pau da Lima).

Compartilhe