Indústria

Fiba nomeia xeque do Catar como presidente para o ciclo de 2023 a 2027

Congresso também definiu nomes para compor o Conselho Central da entidade máxima do basquete mundial

Fiba nomeia xeque do Catar como presidente para o ciclo de 2023 a 2027

25 de agosto de 2023

2 minutos de Leitura

A Federação Internacional de Basquete (Fiba) nomeou o xeque Saud Ali Al Thani, do Catar, como presidente da entidade para o ciclo de 2023 a 2027.

Al Thani foi escolhido por unanimidade durante o 22º Congresso da Fiba, realizado em Manila, nas Filipinas, a poucos dias do início da Copa do Mundo de Basquete Masculino. A competição ocorrerá entre esta sexta-feira (25) e o próximo dia 10 de setembro, nas Filipinas, no Japão e na Indonésia.

“É uma grande honra assumir esta responsabilidade: para mim, para meu país e para nosso continente da Ásia. Agora, represento os interesses de todas as 212 Federações Nacionais. O basquete é um esporte global, e esta é a nossa força mais importante. Só posso fazer uma promessa hoje: trabalharei duro com os líderes e todo o Conselho para o bem do basquete”, destacou o xeque, em seu discurso de posse.

Saud Ali Al Thani já ocupava o cargo de vice-presidente da Fiba no último ciclo, que começou em 2019, e era presidente da Fiba Ásia desde 2002. Anteriormente, presidiu a Federação de Basquete do Catar e foi vice-presidente do Comitê Olímpico do Catar.

O Congresso também definiu nomes para outros cargos estratégicos da Fiba. Neste sentido, determinou a manutenção do grego Andreas Zagklis no cargo de secretário-geral. Já o alemão Ingo Weiss foi reeleito para seu terceiro mandato como tesoureiro da entidade.

Desta maneira, a lista do Conselho Central da Fiba ficou assim:

Carol Callan, dos Estados Unidos
Yamil Alejandro Bukele Perez, de El Salvador
Usie Richards, das Ilhas Virgens
Yuko Mitsuya, do Japão
Yao Ming, da China
Carmen Tocala, da Romênia
Matej Erjavec, da Eslovênia
Tor Christian Bakken, da Noruega
Jubilee Kuartei, de Palau
Burton Ross Shipley, da Nova Zelândia
Pascale Mugwaneza, de Ruanda
Jean-Michel Ramaroson, de Madagascar

Compartilhe