Indústria

Liga Saudita amplia acordos de transmissão para mais de 130 emissoras

IMG foi agência responsável por comercializar os direitos de mídia e fará a produção dos jogos para o exterior

Liga Saudita amplia acordos de transmissão para mais de 130 emissoras
Contratado pelo Al-Ahli, o brasileiro Roberto Firmino é uma das estrelas da liga

11 de agosto de 2023

2 minutos de Leitura

A Liga Saudita de futebol, que já começou nesta sexta-feira (11), confirmou a parceria com mais de 130 emissoras em todo o mundo que transmitirão a temporada 2023/2024. Os acordos abrangem todas as 34 rodadas da Liga.

No jogo de abertura, Roberto Firmino marcou três gols contra o Al-Hazem, em duelo realizado no Estádio Príncipe Abdullah al-Faisal.

Dentre os principais parceiros, destacam-se o canal de streaming DAZN, na Europa; e Fox Sports nos Estados Unidos. No Brasil, a Liga Saudita estará na TV aberta e fechada pelo Grupo Bandeirantes.

No caso do DAZN, valerá para Áustria, Bélgica, Canadá, Alemanha e Reino Unido. Outras emissoras europeias que transmitem o campeonato incluem Canal+ (França), Sportv (Portugal), La 7 (Itália), Marca.com (Espanha) e Cosmote (Grécia).

A IMG, responsável pelas vendas da Liga Saudita, também fará a produção da transmissão mundial ao vivo, incluindo gráficos e comentários em inglês.

A equipe digital da IMG, Seven League, irá gerenciar os canais de mídia social e o conteúdo digital da liga, enquanto os pacotes de notícias serão transmitidos para mais de 400 organizações de mídia do mundo todo, em plataformas de transmissão digital e mídias sociais.

“Esses acordos chegam em um momento de crescimento genuíno para o futebol saudita, com interesse crescente por parte de fãs de futebol de todo o mundo”, disse Saad Allazeez, CEO interino da Saudi Pro League (SPL).

Abaixo, a lista completa de emissoras e suas respectivas áreas de transmissão que fecharam acordo com a Liga Saudita 2023/2024:

A1 Bulgária / Max Sport (Bulgária), Azam (África Oriental), Azteca (América Central e México), Grupo Bandeirantes (Brasil), Bilibili (China), Canal+ (França), Cosmote (Grécia), DAZN (Reino Unido, Alemanha, Áustria, Canadá, Bélgica), Kball (China), La 7 (Itália), Marca.com (Espanha), Migu (China), Network Ten (Austrália), Prima Sports (Romênia), Setanta (Comunidade dos Estados Independentes, Bálticos e Ucrânia), Sony (Índia), SPO TV (Sudeste Asiático, Coreia e Japão), Sportv (Portugal), Sporty TV (Nigéria e Gana), StartTimes (África Subsaariana, incluindo África do Sul), Supersport (Albânia e Kosovo), Tencent (China), ZAP (Angola e Moçambique), Zhibo8 (China).

Compartilhe