Indústria

Black Friday torna-se momento estratégico para conhecer hábitos de consumo dos torcedores

O evento tornou-se um fenômeno cultural, impulsionando a economia e proporcionando aos fãs boas oportunidades de consumo

Black Friday torna-se momento estratégico para conhecer hábitos de consumo dos torcedores

24 de novembro de 2023

4 minutos de Leitura

Aplicada ao comércio brasileiro desde 2010, a Black Friday se tornou um evento de grande dimensão no mercado. Como manda a tradição, o período mais aguardado do varejo ocorrerá nesta sexta-feira (24).

É inegável que se trata de uma grande oportunidade para que as organizações esportivas e empresas desenvolvam uma estratégia de impacto para aproveitar este curto período que as pessoas estão mais suscetível a gastar.

De acordo com dados do Reclame Aqui e Linx, 55% dos varejistas estão otimistas quanto as vendas este ano.

Além disso, 69% dos consumidores brasileiros aguardam promoções de uma marca específica, 35% buscam preços atraentes como principal diferencial e 44,8% pretendem comprar através de e-commerce.

Previsões

Em 2023, segundo a projeção da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as datas deverão movimentar R$ 4,64 bilhões, registrando a maior movimentação financeira desde que o evento foi incorporado ao calendário brasileiro.

Dando um bom sinal para o mercado, o faturamento no mês de outubro chegou a cerca de R$ 301 milhões, representando um crescimento de 26% em relação aos R$ 238 milhões de no mesmo período do ano passado.

Setor importante na indústria do esporte, o prognóstico é que a frente de vestuário, calçados e acessórios arrecade R$ 730 milhões na data.

Segundo números do comércio, a Black Friday figura no TOP 5 das datas mais rentáveis para o setor, atrás do Natal, Dia das Mães, Dia das Crianças e Dia dos Pais, respectivamente.

O cenário no futebol brasileiro

Modalidade mais popular do planeta, o futebol movimenta o bolso dos torcedores em datas especiais. E a Black Friday faz parte disso.

O evento tornou-se um fenômeno cultural, impulsionando a economia e proporcionando aos fãs boas oportunidades de consumo. No futebol brasileiro, de acordo com dados da pesquisa de 2022 da Sport Track, o torcedor do Cruzeiro é líder em compras pela internet, com 70% adquirindo peças pelo e-commerce. Bahia e Santos, empatados com 62%, completam o TOP 3.

“A Black Friday entrou de vez no calendário de eventos do brasileiro. É o dia que representa a catedral do consumo. Uma grande oportunidade para um ecossistema enorme gerar vendas, fidelizar consumidores e conquistar novos. Mas e o nosso futebol como tem aproveitado essa chance?”, provocou Rafael Plastina, sócio-fundador da Sport Track.

No quesito compra de chuteiras para futebol ou futsal, quem lidera é a torcida do Internacional, com consumo declarado de 45%. Cruzeiro e Atlético-MG, empatados com 43%, completam as três primeiras posições.

Por fim, a Netshoes é o destino de consumo de doze das torcidas dos dezesseis clubes monitorados pela pesquisa da Sport Track.

“Com apenas estes exemplos, fica clara a oportunidade que o futebol e outras modalidade oferecem aos mais diversos mercado, basta que os clubes conheçam seus torcedores e seus hábitos, especialmente os de consumo”, acrescentou Plastina.

Ativações

O Mercado Livre aproveitou o clássico entre Brasil e Argentina para ativar a campanha “Tá na Mão”. A campanha tem resultado em “apertos de mão” ao longo da programação dos canais da Globo para conceber cupons de desconto aos telespectadores. Até o final do mês, serão mais de 70 ações no conteúdo e 540 inserções durante os intervalos comerciais.

Empresa especializada em wearables e tecnologia de frequência cardíaca, a Polar também prepara ações interessantes na Black Friday. A ativação irá beneficiar todos os clientes com até 40% de desconto em toda linha de produtos. Além disso,  a surpresa para os consumidores que garantirem o seu Polar durante este período fica por conta dos embaixadores parceiros da marca, que irão sortear dez corta ventos personalizados do PolarSquad entre as compras realizadas por suas comunidades na Black Week da Polar.

Com o mercado aquecido, a NBA no Brasil também oferecerá valores promocionais no e-commerce e nas 28 lojas espalhadas em todo o país. Produtos como camisetas, tênis, bonés e outros acessórios terão descontos que chegam a 40%.

Já o Cartão de TODOS, patrocinador oficial de 17 clubes brasileiros, lançou uma promoção especial. Nela, novos filiados à modalidade esportiva do cartão terão a primeira anuidade zerada e poderão aproveitar condições exclusivas na compra de artigos esportivos, além de dar uma força para os seus times de coração, sem custos adicionais à mensalidade de R$ 29,70.

Já a Speedo Multisport espera aumentar em 30% o faturamento no mês de novembro em relação ao mesmo período de 2022. Entre os dados pesquisados, 39,3% dos consumidores do período comprarão itens de moda e acessórios.

Compartilhe