CBF divulga calendário de 2024, e Brasileirão terá jogo de abertura pela primeira vez

Estaduais serão disputados entre 21 de janeiro e 7 de abril, enquanto a Copa do Brasil irá de 21 de fevereiro a 10 de novembro e o Brasileirão, de 13 de abril a 8 de dezembro

novembro 1, 2023

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o calendário do futebol profissional masculino para 2024. Além das datas das principais competições, a entidade revelou que, pela primeira vez, a Série A do Brasileirão terá um jogo de abertura, no mesmo estilo que ligas esportivas norte-americanas e europeias fazem já há muitos anos.

Como a edição de 2023 ainda está a mais de um mês de ser encerrada e a tabela do torneio de 2024 ainda não foi montada, o duelo que abrirá a competição no ano que vem ainda não foi definido. O que se sabe, no entanto, é que a Série A terá início no dia 13 de abril e irá até 8 de dezembro em 2024.

As outras divisões nacionais também já têm as datas estipuladas. A Série B será realizada de 20 de abril a 26 de novembro, enquanto a Série C irá de 21 de abril a 20 de outubro e a Série D, de 21 de abril a 29 de setembro.

Torneio mais longo do calendário, a Copa do Brasil será disputada de 21 de fevereiro a 10 de novembro. Já os Campeonatos Estaduais, como sempre, abrirão a temporada, indo de 21 de janeiro a 7 de abril.

De acordo com a CBF, os períodos de Data Fifa permanecerão como neste ano, ou seja, os torneios nacionais serão paralisados para que os clubes não sejam prejudicados pela ausência de jogadores importantes que estejam servindo à seleção brasileira ou qualquer outra.

“Fiz questão de manter uma das maiores conquistas da nossa gestão, que é a paralisação do Campeonato Brasileiro Série A nas Datas Fifa. Dado o grande sucesso, vamos continuar com as finais da Copa do Brasil em dois domingos, valorizando ainda mais a competição”, disse Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF.

“E a grande novidade de 2024 é que, pela primeira vez na história, teremos um jogo inaugural do Campeonato Brasileiro Série A. Será uma grande festa para celebrar o início do campeonato, que é o mais disputado do mundo. A CBF seguirá trabalhando na nossa gestão para tornar cada vez mais as competições rentáveis para os clubes e empolgantes para os torcedores brasileiros”, acrescentou o dirigente.

Compartilhe: