NFL oficializa que Brasil ou Espanha sediará jogo da temporada em 2024

Decisão da liga de futebol americano será anunciada em até 45 dias

novembro 8, 2023

O comissário da NFL, Roger Goodell, confirmou que a liga irá disputar um jogo da temporada regular em um novo país em 2024.

Para a alegria dos fãs brasileiros, o Brasil é oficialmente uma das opções. Caso a NFL queira seguir na Europa, o destino mais provável será a Espanha. Neste caso, fruto do sucesso das excursões pelo Reino Unido e na Alemanha. A organização também já esteve no México.

“Queremos crescer para nos tornarmos um verdadeiro esporte global, então é claro que é preciso jogar em mais mercados”, disse Goodell à Sky Sports.

“Estamos olhando principalmente para Espanha e Brasil. Definitivamente vamos atuar em um novo mercado no próximo ano, mas ainda estamos debatendo entre os dois”, acrescentou.

Na mesma entrevista, Goodell disse que uma decisão sobre o novo país seria tomada em até 45 dias. Ele também abordou suas discussões com proprietários de franquias sobre a expansão de seu impulso internacional, dizendo que recebeu feedback positivo em toda a liga.

Interesse declarado em setembro

Ao participar de um podcast, Peter O’Reilly, vice-presidente executivo da NFL, confirmou que a organização esteve em ambos países monitorando possíveis locais a serem casas de jogos de futebol americano.

Na Espanha, o foco está em Madrid, com Santiago Bernabeu, do Real Madrid, e Cívitas Metropolitano, do Atlético de Madrid, enquanto no mercado brasileiro as opções são Rio de Janeiro e São Paulo.

“Brasil e Espanha são dois mercados fortes e dois mercados importantes. E o mais importante é que também existem mercados nos quais as equipes estão interessadas. Casar onde elas estão agora e construir a sua base de torcedores é importante. Também precisa de funcionar para os times”, disse O’Reilly.

Miami Dolphins no Brasil?

MKTEsportivo adiantou ao mercado brasileiro que, quando a NFL distribuiu os direitos de marketing internacional aos times em dezembro de 2021, ela colocou o Miami Dolphins para o Brasil. Já a Espanha também ficou com os Dolphins, além do Chicago Bears.

O objetivo é fazer que cada uma das equipes da NFL atue fora do território americano ao menos uma vez a cada oito anos. Agora, os times poderão fechar patrocínios regionais, vender os direitos de TV da pré-temporada e de rádio da temporada regular, eventos com fãs e vendas de licenciamento.

“É um marco significativo em nossos esforços para ampliar o alcance global da NFL, construindo relacionamentos de longo prazo com esses mercados internacionais que desempenharão um grande papel no crescimento e expansão de nosso esporte nos próximos anos. Muito do sucesso da nossa liga está enraizado na forte conexão que nossos times construíram com seus fãs. Essa iniciativa cria muitos outros caminhos para envolver e energizar nossa base de fãs internacional”, afirmou Joel Glazer, proprietário do Tampa Bay Buccaneers e copresidente do comitê internacional da NFL, em entrevista ao Sport Business, na época do lançamento do projeto.

Compartilhe: