Patrocínio

Receita de patrocínio de equipes esportivas dos EUA bate recorde em 2023

Estudo da SponsorUnited destaca que esta frente aumentou em 17,5%, alcançando um total de US$ 6,7 bilhões

Receita de patrocínio de equipes esportivas dos EUA bate recorde em 2023
O patrocínio na camisa do Angels, da MLB

09 de novembro de 2023

2 minutos de Leitura

Um levantamento realizado pela SponsorUnited mostrou que as principais equipes esportivas profissionais dos EUA viram suas receitas de patrocínio aumentarem 17.5%, alcançando um total de US$ 6.7 bilhões em 2023.

Destaque para os times da Major League Baseball (MLB), que obtiveram o maior aumento de faturamento no quesito, com os ganhos crescendo 23%.

Já as franquias da NBA foram as que mais embolsaram em patrocínios de camisas, com 25 de seus 30 times arrecadando US$ 216 milhões na temporada 2022/23.

Entre as organizações femininas, a WNBA liderou. A liga de basquete feminino americana obteve o maior número de acordos de patrocínio, desbancando a Liga MX Femenil (liga mexicana de futebol feminino) e Liga Nacional de Futebol Feminino (NWSL).

No esporte feminino, a SponsorUnited aborda também o investimento das marcas no esporte universitário. No período, 550 fecharam com jovens atletas, destaque para a estrela do basquete universitário Angel Reese, nova embaixadora da Reebok.

Liberação de patrocínio na MLB

As franquias da MLB se beneficiaram pela possibilidade de vender patrocínios de camisa pela primeira vez, o que representou US$ 129 milhões em receita em toda a liga.

Quatorze times ainda não venderam a propriedade, deixando em aberto a possibilidade de que os números sejam ainda maiores em 2024.

As principais investidoras

A Coca-Cola teve o maior número de acordos de patrocínio com organizações esportivas globais (938), enquanto a Nike teve o maior número de acordos envolvendo atletas, cerca de 280.

Compartilhe