Tecnologia

Sarah Bond torna-se a primeira mulher negra a assumir a presidência do Xbox

Microsoft anunciou ampla reorganização para responder de forma mais eficaz aos desafios futuros

Sarah Bond torna-se a primeira mulher negra a assumir a presidência do Xbox
Foto: Chona Kasinger/Fortune

01 de novembro de 2023

2 minutos de Leitura

Após completar a aquisição da Activision Blizzard, a Microsoft anunciou uma reorganização da equipe de gerenciamento do Xbox para responder de forma mais eficaz aos desafios futuros.

Matt Booty, atual chefe dos estúdios Xbox, foi promovido ao recém-criado cargo de “Presidente de Estúdios de Conteúdo e Jogos”, que inclui assumir o comando dos estúdios Bethesda Softworks, além do Xbox Game Studios.

“Acreditamos que uma organização expandida de conteúdo de jogos – que permita que os estúdios de desenvolvimento Xbox Game Studios e ZeniMax colaborem de forma eficaz – permitirá que esses estúdios de classe mundial façam seu melhor trabalho para expandir nosso portfólio de jogos que os jogadores adoram. A ZeniMax continuará a operar como uma entidade de integração limitada liderada por Jamie Leder, presidente e CEO, reportando-se a Matt”, comentou Phil Spencer, CEO da Microsoft Gaming.

O destaque, no entanto, é a promoção de Sarah Bond, que assumirá como presidente responsável por tudo relacionado à plataforma Xbox. A executiva entrou na Microsoft em 2017 e rapidamente assumiu o topo da organização.

Sarah Bond ficará responsável pelas futuras plataformas de hardware e software de Xbox, incluindo o possível lançamento de um Xbox Series X sem disco redesenhado no próximo ano e um console híbrido de próxima geração em 2028.

“Sarah Bond liderará a equipe como presidente da Xbox, reunindo dispositivos, experiências de jogadores e criadores, engenharia de plataforma, estratégia, planejamento de negócios, dados e análises e desenvolvimento de negócios”, acrescentou Phil Spencer.

Já Bobby Kotick, o atual CEO da Activision Blizzard, está preparando sua saída, que acontecerá no final de 2023. Um sucessor deverá ser nomeado até lá.

Compartilhe