Indústria

Detentora da Fórmula 1, Liberty Media segue sendo o império esportivo mais valioso do mundo

Apesar das propriedades esportivas da companhia terem sido reduzidas, o grupo continua no topo com um patrimônio de US$ 18,22 bilhões

Detentora da Fórmula 1, Liberty Media segue sendo o império esportivo mais valioso do mundo

31 de janeiro de 2024

2 minutos de Leitura

Liberty Media, proprietária da Fórmula 1, se manteve na primeira colocação do ranking dos impérios esportivos mais valiosos do mundo, de acordo com a Forbes.

Apesar das propriedades esportivas da companhia terem sido reduzidas, o grupo continua no topo da lista, com um patrimônio de US$ 18.22 bilhões.

A Liberty superou a Kroene Sports and Entertainment, proprietária do Los Angeles Rams (NFL), Denver Nuggets (NBA) e Arsenal (Premier League), entre outras propriedades, que aumentou seu valor em 22%, para US$ 15,59 bilhões.

Fechando o TOP 3, a Fenway Sports Group, proprietária do Boston Red Sox (MLB), Pittsburgh Penguins (NHL) e Liverpool (Premier League), além da equipe RFK da NASCAR, aumentando 25%, para US$ 12,95 bilhões.

Comparando com 2023, o veículo observou uma desvalorização de US$ 2,6 bilhões no grupo que administra a F1. A Forbes aponta a separação com a Atlanta Braves Holdings, proprietária da franquia da MLB, Atlanta Braves, como o fator responsável.

Além da principal categoria do automobilismo, o grupo gerencia a empresa de mídia esportiva Overtime, o espaço de entretenimento F1 Arcade, a Drone Racing League, a liga profissional de drone, a Kroenke Arena e a Meyer Shank, equipe da Fórmula Indy e da SportsCar.

Compartilhe