Indústria

PGA Tour deverá contar com aporte de US$ 3 bilhões

O negócio deverá incluir um programa de participação acionária para os golfistas participantes como forma de mantê-los leais à entidade

PGA Tour deverá contar com aporte de US$ 3 bilhões
Foto: Divulgação/ PGA

31 de janeiro de 2024

1 minutos de Leitura

O PGA Tour, principal organização de golfistas profissionais do mundo, está prestes a confirmar um acordo de US$ 3 bilhões.

Segundo o Bloomberg, o Strategic Sports Group, liderado pelo Fenway Sports Group, deverá injetar o valor e realizar o investimento histórico.

Além da FSG, o proprietário do New York Mets (MLB), Steve Cohen, o dono do Atlanta Falcons (NFL), Arthur Blank, e o ex-co-proprietário do Milwaukee Bucks (NBA), Marc Lasry, estão envolvidos no negócio com um apoio adicional do Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita (PIF).

O acerto deverá avaliar o PGA em cerca de US$ 12 bilhões. Além disso, o negócio deverá incluir um programa de participação acionária para os atletas participantes como forma de manter os golfistas leais à entidade.

Segundo fontes próximas do acordo, nesta fase da negociação, o Fundo Soberano Saudita não será incluído. Com conversas ainda em andamento, a organização avalia a participação do PIF na entidade.

Compartilhe