Indústria

Hoka anuncia ex-Nike como nova presidente

Robin Green atuará na equipe de liderança executiva, reportando-se diretamente a Dave Powers, CEO e presidente da Deckers Brands

Hoka anuncia ex-Nike como nova presidente

15 de fevereiro de 2024

3 minutos de Leitura

Um movimento de bastidor promete acirrar a disputa por mercado no running. Isso porque a Deckers Brands, líder global em design, marketing e distribuição de calçados, roupas e acessórios, anunciou Robin Green como a próxima presidente da Hoka, que pertence ao portfólio do grupo. A executiva estava na Nike desde 2006.

Green atuará na equipe de liderança executiva, reportando-se diretamente a Dave Powers, CEO e presidente da Deckers Brands. Powers, inclusive, se aposentará em 1º de agosto e Stefano Caroti, diretor comercial da empresa e ex-líder da Hoka, assume o cargo.

“Robin é uma líder forte, com capacidade demonstrada de desenvolver e executar iniciativas estratégicas plurianuais que impulsionam o crescimento para empresas de desempenho global, e estou ansioso para que ela aproveite essa experiência como parte da Deckers”, disse Powers.

“Juntos, nos concentraremos em continuar a expandir o conhecimento do consumidor sobre a Hoka, maximizando e ampliando nossas ofertas de produtos e acessibilidade, e eclipsando os marcos excepcionais de receita alcançados no último ano”, acrescentou.

“Estou entusiasmada por me juntar à Deckers e liderar a equipe dedicada da Hoka para desbloquear ainda mais o potencial desta marca excepcional. A Hoka está proporcionando ganhos de participação de mercado e resultados recordes, e continuaremos a aproveitar oportunidades incríveis de crescimento pela frente. Estou confiante em nossa capacidade de aproveitar o compromisso da marca Hoka com a excelência em inovação de produtos, capitalizar nossa crescente demanda global do consumidor e fidelidade à marca, bem como otimizar o gerenciamento e o crescimento do mercado”, destacou a profissional.

Green tem uma passagem de 17 anos na Nike, mais recentemente como vice-presidente global de corrida e fitness masculino. Agora, ela liderará a Hoka com foco em fornecer crescimento contínuo, expandindo ainda mais a conexão entre consumidores e atletas, bem como acelerar a inovação nos produtos.

Trata-se de uma perda sentida para a Nike na modalidade. O CEO da marca, John Donohoe, afirmou recentemente que a categoria de corrida é uma “prioridade chave” para o avanço da empresa, especialmente no setor que envolve os corredores diários.

Por outro lado, o momento é super favorável para a Hoka. As vendas da Deckers aumentaram 16% no terceiro trimestre, e a força da marca de corridas foi uma parte fundamental disso: com um crescimento de vendas de 21.9%, para US$ 429,3 milhões no trimestre.

Compartilhe