Justiça bloqueia R$ 38,8 milhões do Corinthians por dívida com Pixbet

Pixbet cobra devolução de luvas e também multa por recisão de contrato

fevereiro 1, 2024

Na última quarta-feira (31), a Justiça de São Paulo efetivou o bloqueio de R$ 38,8 milhões das contas do Corinthians, em uma ação de cobrança movida pela ex-patrocinadora, Pixbet.

De acordo com a Veja, a decisão foi proferida pela 43ª Vara Cível do estado.

A empresa de apostas esportivas cobra R$ 20 milhões do clube, pois o contrato estabelecido entre as partes, previa exclusividade entre os patrocinadores do segmento de apostas esportivas.

Além disso, a Pixbet exige a devolução do valor pago em luvas pela assinatura do acordo. Com contrato estabelecido até 2025, a empresa se comprometeu a pagar R$ 30 milhões ao Corinthians em duas parcelas, uma à vista e outra em janeiro do ano passado.

Durante a apresentação da nova patrocinadora, VaideBet, o presidente Augusto Melo informou que a multa seria paga pela nova parceira. Porém, ele mesmo alegou confusão e que o clube que deveria arcar com o valor.

Tentando negociar o pagamento, a Timão deseja quitar de forma parcelada, proposta que ainda não foi aceita pela ex-patrocinadora.

Compartilhe: