Atletas

Mana Poke anuncia patrocínio ao surfista Fernando Júnior para a temporada de 2024

Rede de franquias de comida havaiana dará todo o suporte necessário à preparação do atleta para a disputa dos torneios de surf

Mana Poke anuncia patrocínio ao surfista Fernando Júnior para a temporada de 2024
Foto: Divulgação

28 de fevereiro de 2024

3 minutos de Leitura

A rede de franquias de comida havaiana Mana Poke anunciou o patrocínio ao surfista paulista Fernando Júnior, de São Sebastião. O surfista ocupa atualmente o 38º lugar no ranking da World Surf League – América Latina e se formou no Instituto Gabriel Medina tendo como treinador Charles Saldanha, padrasto do tricampeão mundial. 

O objetivo do patrocínio será fornecer todo o suporte e auxílio ao desenvolvimento e preparação do atleta para as disputas dos campeonatos nacionais de surf, além das etapas classificatórias para o WSL Challenger Series, o mundial de surf.

Atualmente, Fernando Júnior disputa a terceira divisão da categoria e tem como meta subir para a 2ª divisão da competição. 

Esta é a primeira vez que a rede Mana Poke anuncia patrocínio a um atleta de surf com o objetivo de fortalecer ainda mais essa modalidade esportiva que tem inúmeros representantes brasileiros no ranking mundial.

“Nossa parceria tem como propósito alavancar a carreira do Fernando, que é uma das grandes promessas do surf brasileiro e mundial. Daremos toda a contribuição possível para que ele possa treinar e viajar para as competições e ter sucesso nas principais disputas deste ano”, afirma o CEO da Mana Poke Filipe Moreno. 

Fernando Júnior já está se preparando para o primeiro grande desafio de 2024 que é o Billabong Señoritas Open Pro, organizado pela RDV Surf, e que acontece entre 14 e 17 de fevereiro em Punta Hermosa, no Peru. Esta competição, que é parte do QS 1000 e Pro Junior, será realizada nas ondas de Señoritas, ao sul de Lima. 

Para o surfista, que já ocupou o 3º lugar no ranking da WSL Latin America, em 2019, a parceria com a rede Mana Poke tem como missão também popularizar o poke, como uma alimentação saudável e nutritiva.

“Tenho como meta, a  chance de tornar o poke mais acessível e incluí-lo na rotina das pessoas como uma opção de comida prática, acessível e nutritiva. Já sou adepto do poke da Mana Poke até por ser uma alimentação super adequada para recarregar minhas energias após a prática diária de surf. A contribuição da rede de franquias será primordial para que eu possa representar o Brasil nas principais disputas de surf do Brasil e do mundo”, afirma Fernando Júnior. 

 Sobre o Mana Poke

A rede de franquias Mana Poke, após o sucesso das primeiras unidades em Campinas, decidiu levar a experiência da culinária havaiana como uma opção saudável para todo território nacional. Atualmente são 42 unidades instaladas nos estados de São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais,  Goiás e Santa Catarina.

Tendo o poke, prato típico havaiano, como carro-chefe do cardápio, e a decoração das unidades ambientadas com referências ao Havaí e trilha sonora com surf music como marca registrada. A missão da Mana Poke é popularizar o acesso à alimentação saudável, oferecendo uma refeição a preço justo e com qualidade aos clientes.

Além disso, quer ser referência em comida havaiana no Brasil, tendo como valores a experiência do cliente, o trabalho em equipe e a valorização de todos os parceiros.  A agenda social também está no DNA da holding, que realiza o Mana Day, conjunto de eventos beneficentes que tem o propósito de arrecadar recursos financeiros para ONGs.

Em 2023, a Mana Poke irá destinar os recursos para o Instituto Italo Ferreira, que tem como principal objetivo colaborar com a educação da criança, do jovem e do adolescente de Baía Formosa-RN, oferecendo-lhes oportunidades que dificilmente teriam na cidade.

Compartilhe