O fortalecimento comercial da Mercedes na era Lewis Hamilton

Além de heptacampeão da categoria, o piloto trouxe resultados comerciais significativos, colocando a escuderia em outra prateleira

fevereiro 5, 2024

Lewis Hamilton deixará a Mercedes no final deste ano e será o novo piloto da Ferrari a partir da temporada 2025.

Além de heptacampeão da categoria, o piloto também trouxe resultados comerciais significativos, colocando a escuderia em outra prateleira.

Com o britânico, a Mercedes se valorizou consideravelmente, passando de US$ 560 milhões para US$ 3,8 bilhões.

Além de proporcionar ganhos para a escuderia, Lewis, que também ocupou durante um bom tempo o posto de mais bem pago da Fórmula 1, atualmente apresenta o segundo maior salário da categoria. O multi-campeão fatura anualmente US$ 35 milhões (cerca de R$ 135 milhões).

Já na lista da Forbes de atletas mais bem pagos do mundo, Hamilton aparece na 21ª posição, com ganhos de US$ 65 milhões em 2023, sendo US$ 55 milhões em salários e US$ 10 milhões em patrocínios.

Considerado um dos atletas mais comercializáveis do mundo, Hamilton ocupa a sétima colocação da lista do site Sports Pro Media, atrás dos astros Lionel Messi, LeBron James, Alex Morgan, Giannis Antetoukounmpo, Megan Rapinoe e Mikaela Shiffrin.

Compartilhe: