Pesquisa aponta hábitos de consumo na prática de esportes

Brain Inteligência Estratégica mapeia a relação do brasileiro com consumo e prática esportiva

fevereiro 9, 2024

Uma pesquisa realizada pela Brain Inteligência Estratégica mostrou que o canal de compra preferido para os itens esportivos são as lojas online e marketplaces (35%), seguido das lojas de rua (32%) e shopping centers (30%).

A geração Z é a que mais compra online (45%), enquanto que a geração X é a que mais compra em shoppings (39%).

Em relação a infraestrutura da atividade física, como mensalidade, treinadores, instalações, entre outros, o gasto médio mensal dos entrevistados é R$ 149. A geração que mais investe em infraestrutura é baby boomers, com custo de R$ 170 mensais. Na análise nacional, a região Sudeste apresenta a maior média, R$ 193. A natação se destaca como esporte com mais gastos, R$ 364 por mês.

Já o gasto médio mensal com itens como vestuário, calçados e similares é de R$ 151, e a geração que mais investe nesses itens é a X, com custo de R$ 203 mensais.

Na análise regional, a Sul apresenta a maior média (R$ 185). Entre as práticas mais populares, o esporte que mais tem gastos com equipamentos também é a natação (R$ 355 por mês).

Quando questionados sobre a frequência de compra, 25% dos entrevistados afirmaram gastos com itens esportivos pelo menos uma vez por mês. Entre os principais fatores que influenciam na decisão de compra estão qualidade do produto (65%) e preço acessível (62%).

A loja mais citada foi a Centauro (39%), seguida da Decathlon (8%) e Netshoes (8%). Quanto a marca dos produtos, se destacam Nike (32%) e Adidas (19%).

Frequência de atividade física

Na pesquisa, 37% dos respondentes, amostra representante da população brasileira, afirma que no último ano praticou com regularidade algum tipo de atividade física. Sendo a academia a principal, seguida pelo futebol e, em terceiro lugar, a caminhada.

Entre os respondentes que afirmam não praticar atividades físicas, o principal motivo é falta de tempo (66%), seguido da falta de interesse (25%) e falta de motivação (15%).

O Brain Behavior é o núcleo de pesquisas da Brain Inteligência Estratégica que tem como foco estudar aspectos relacionados ao comportamento do consumidor e processos do mercado. O núcleo gera conhecimento para a sociedade, academia e mercado imobiliário.

O projeto foi inaugurado em 2022 e já conta com o aprofundamento em quatro eixos temáticos: emoções no processo de compra; trabalho e organizações; saúde e bem-estar; varejo on e offline.

Compartilhe: